Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
quarta, 18 de setembro de 2019
SADER_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
ALERTA AOS POSTOS DE COMBUSTÍVEIS

Em MS, Preço do etanol acompanha alta da gasolina e entra na mira do MP

Em MS, Preço do etanol acompanha alta da gasolina e entra na mira do MP

16 Mai 2019 - 19h11Por Campo Grande News

A alta constante no preço do litro do etanol comercializado em Mato Grosso do Sul, acompanhando os reajustes da gasolina, entrou na pauta do Ministério Público. O combustível pode ser encontrado por até R$ 3,99 em postos de combustíveis do Estado.

O procurador de Justiça Rodrigo Stephanini apresentou nesta quinta-feira (16) em reunião dos procuradores do Estado a pauta com questionamentos sobre o valor de o etanol estar acompanhando os reajustes recentes da gasolina.

Segundo o procurador, vários fatores explicam a alta na gasolina, como a variação do dólar, o preço do barril do petróleo, e as relações entre Estados Unidos e China, Coreia do Norte e Venezuela. “É clima de tensão total, isso explica a alta na gasolina que já ocorreu e deve ocorrer ainda mais. O que o etanol tem a ver com isso? O etanol que é produzido aqui?”, cobra o procurador.

Conforme o levantamento realizado pela ANP (Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis), o etanol apresentou alta de 8,24% em Mato Grosso do Sul entre janeiro e maio. No primeiro mês do ano a média de preço foi de R$ 3,325, enquanto neste mês chegou aos R$ 3,599.

Na última semana, o Estado apresentou média de R$ 3,598, com variação de 21,21%. O preço mínimo encontrado foi de R$ 3,299 e a máxima de R$ 3,999. O valor é 17,58% mais caro que a média nacional, de R$ 3,060, e 19,89% acima da região Centro-Oeste, fechado em R$ 3,001.

“A cana-de-açúcar só perde para soja e milho em Mato Grosso do Sul. Na safra 2018/2019, o Estado foi o terceiro maior produtor de etanol do Brasil. Como se explica? Porque o consumidor sul-mato-grossense está pagando tão caro? Não vejo justificativa”, afirma o procurador.

De acordo com o procurador, o Ministério Público investigará o processo desde a produção na usina até o posto de combustível, além da produção e distribuição. “Vamos fomentar a sociedade civil a se mobilizar. Além disso, tem a questão ambiental. O consumo da gasolina é fóssil, enquanto o etanol é fonte renovável de energia”, completa.

O procurador explicou que a demanda foi encaminhada para o procurador Aroldo José de Lima, coordenador do Centro de Apoio das Promotorias de Justiça do Consumidor, que centralizará as informações e possivelmente abrirá inquérito para investigar o caso.

Deixe seu Comentário

Leia Também

FÁTIMA DO SUL - TURISMO E DIVERSÃO
Aqua Park abre temporada neste sábado, Veja como vai funcionar em Fátima do Sul
DOURADOS - CPF CANCELADO
Ladrões feridos em assalto a loja de locação morrem no Hospital da Vida em Dourados
GASOLINA SEM REAJUSTE
Sinpetro diz que não haverá reajuste imediato no preço dos combustíveis
UNIGRAN DOURADOS
7ª AGROTEC Acontece nos dias 25, 26 e 27 de setembro na UNIGRAN Dourados
UNIGRAN DOURADOS - MOTORADOS
Motorados reúne apaixonados por motos e garante experiência a alunos de Publicidade da UNIGRAN
AÇÕES DO GOVERNO DO MS
Dourados renova concessão com Sanesul e garante continuidade dos investimentos de R$ 241,5 milhões
CASO DE POLÍCIA
Casal é preso suspeito de espancar até morte bebê de 1 ano e 7 meses em MS
SEQUESTRO
Pai pede pra abraçar filha e sequestra bebê em Sidrolândia
AÇÕES DO GOVERNO DO MS
Governo Federal garante a Reinaldo Azambuja aeronaves e recursos para combater queimadas
NOVAS REGRAS NO MS
Novas regras para tirar CNH entram em vigor nesta segunda-feira