Menu
LIMIT ACADEMIA
quarta, 17 de outubro de 2018
SADER_FULL
Busca
ITALÍNEA
GOVERNO DO ESTADO DO MS

Após cumprir compromisso e nomear os aprovados, Governo prepara novo curso de formação para Agepen

Governo prepara novo curso de formação para Agepen

12 Jun 2018 - 19h01Por Danúbia Burema - Foto: Leca

O Governo do Estado fará novo curso de formação para os aprovados no concurso da Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário (Agepen). O anúncio foi feito nesta terça-feira (12.6), em reunião com a comissão de aprovados, pelo governador Reinaldo Azambuja, que já cumpriu o compromisso de convocar 438 candidatos para a primeira etapa do curso e nomear todos os aptos.

“O governador está indo muito além do compromisso que fez com os aprovados. Na primeira etapa foram chamados candidatos para todas as vagas previstas em edital. Iniciamos agora uma nova fase para definir com base em estudo quantos poderão ser chamados e quando terá início o novo curso de formação”, informou o titular da Secretaria de Estado de Administração (SAD), Carlos Alberto de Assis, que participou da reunião.

A vice-governadora Rose Modesto destacou o empenho da atual gestão em atender aos aprovados e em reforçar o sistema carcerário sul-mato-grossense. “Essa é mais uma ação que demonstra o compromisso do Governo do Estado com a segurança pública”.

Presidente da Comissão de Aprovados no concurso, Diego Aranda, esteve presente na reunião com outros cinco aprovados e afirmou que o Governo sempre abriu as portas para os candidatos e tem cumprido todos os compromissos feitos.

“Já foi chancelada a abertura de novo curso de formação entre 400 e 500 novas vagas que serão condicionadas a novos presídios e algumas ampliações. Esse era nosso objetivo. Foi também definida a prorrogação do concurso que vence em abril de 2019 por mais dois anos”, comemorou.

Sistema penitenciário

O diretor-presidente da Agepen, Aud de Oliveira, lembrou do empenho do Governo em prol do sistema penitenciário. “Além das convocações realizadas dentro das vagas oferecidas no concurso, o governador irá ampliar o quadro de servidores possibilitando um serviço de maior qualidade. No início deste ano, o Governo também adotou uma medida histórica que foi a correção no quadro de carreiras da Agepen”.

Presente na reunião, o secretário de Justiça e Segurança Pública (Sejusp), Antônio Carlos Videira, afirmou que apesar das dificuldades a gestão estadual tem conseguido manter os presídios do Estado em segurança. “E vocês que serão agentes terão uma missão muito importante de trabalhar com pessoas que erraram muito e contribuir para devolvê-las melhor à sociedade”

Atualmente, o sistema carcerário de MS enfrenta superlotação com cerca de 16 mil presos, grande parte que deveria ser custodiada pelo Governo Federal. Proporcionalmente, é o segundo estado da Federação com maior número de presos por 100 mil habitantes, com o dobro da média nacional que é de 306 por 100 mil.

O Governo do Estado inclusive acionou a União judicialmente para tentar resolver o problema, solicitando a construção de presídios federais em MS ou que o Governo Federal arque com os custos dos presos que cometeram crimes federais, como o tráfico de drogas.

Deixe seu Comentário

Leia Também

FÁTIMA DO SUL - CARCARÁ IMÓVEIS
Quer vender seu imóvel?, Carcará Imóveis pode fazer isso para você em Fátima do Sul
VICENTINA - LEILÃO ELETRÔNICO
Justiça realizará leilão eletrônico de imóveis urbanos e trator de VICENTINA
POLITICA
Taquarussu: hospital modernizado, quadra esportiva, casas e ruas asfaltadas
SORTEIOS SICREDI
Sicredi Centro-Sul MS realiza 3º sorteio da promoção e sortudos levaram carro e moto 0Km
ALERTA
Instituto alerta para chuvas intensas com possibilidade de granizo em Fátima do Sul e MS
ACIDENTE FATAL
Caminhão bate, cai da serra e mata o motorista
COMPROMISSO
Reinaldo vai fortalecer remuneração policial
FÁTIMA DO SUL - ACIDENTE COM EMPRESÁRIO
Massariol começa a reagir e sedação é tirada aos poucos, família pede orações em Fátima do Sul
Eleições 2018: Voto na Record
Reinaldo abre 14% e chega com 57% dos votos válidos em nova pesquisa no MS
POLÍTICA - ELEIÇÕES 2018
Conselho de Ética do PDT pede 'cabeça' de Odilon por apoio a Bolsonaro