Menu
LIMIT ACADEMIA
terça, 22 de janeiro de 2019
SADER_FULL
Busca
ITALÍNEA
futebol

"Se pudesse voltar, não teria ido para o Barcelona", diz Keirrison

21 Out 2013 - 10h44Por Terra

Após ser apontado como uma das maiores revelações do futebol brasileiro, o atacante Keirrison, do Coritiba, passa por um recomeço na carreira. Depois de uma série de lesões que o afastou por 18 meses dos gramados, o jogador marcou no último domingo, na vitória por 2 a 1 do Coritiba contra o Cruzeiro, o primeiro gol desde que voltou a jogar. Visivelmente emocionado, o atleta concedeu uma entrevista exclusiva ao Terra e, além do atual momento, comentou um pouco do passado - chegou a dizer que, se pudesse voltar atrás, não teria ido para o Barcelona.

Terra - Há exatamente um turno, quando o Coritiba enfrentou o Cruzeiro no Mineirão, você deixou todo mundo preocupado ao sair de campo chorando, após bater o joelho na trave. O que você pensou naquele momento?
Keirrison - 
Eu temi pelo pior. Foi uma pancada forte e eu senti muita dor. Pensei que tinha acontecido alguma fratura grave e que eu teria que passar por uma nova intervenção cirúrgica. Realmente saí muito preocupado.

Terra - O gol marcado no último domingo, na vitória do Coritiba sobre o Cruzeiro, foi o primeiro desde que você retornou aos gramados. O que ele representa para você?
Keirrison -
Representa um alívio. Tiro um baita peso das minhas costas... estou muito feliz, eu precisava muito desse gol. Fico mais feliz ainda por ele ter acontecido aqui no Couto Pereira, com a presença desse torcida maravilhosa, e principalmente por ter ajudado o Coritiba, que sempre fez muito por mim.

Terra - Após o gol, os torcedores gritaram que o “artilheiro voltou”. Qual o seu pensamento sobre isso?
Keirrison -
Eu quero muito isso, trabalho muito para isso. Vou me doar ao máximo sempre para ajudar o Coritiba e dar alegrias para essa torcida maravilhosa.

Terra - Em relação a números, você tem uma meta traçada para esse temporada? Quantos gols tem a ambição de fazer ainda em 2013?
Keirrison -
Eu tenho essa projeção, não de número de gols, mas sim de número de jogos. Eu preciso de uma sequência. Só assim vou alcançar a boa forma física e o ritmo de jogo. Então eu quero jogar todas as partidas que teremos em 2013, inclusive agora na Colômbia pela Copa Sul-Americana.

Terra - Agora vamos voltar um pouco mais no tempo e relembrar um momento no início da sua carreira. Após se destacar no Coritiba em 2007 e 2008 e no Palmeiras, no início de 2009, você foi para a Europa jogar no Barcelona. Sem espaço lá nunca jogou pelo clube espanhol e não se firmou no futebol europeu. Se arrepende de ter feito essa transferência?
Keirrison -
Ir jogar na Europa era um sonho que eu tinha. Quando fui para o Barcelona estava em uma grade fase e muito empolgado. Só que não tinha mais espaço para jogadores estrangeiros lá. Assim eu fui emprestado para outros clubes, como o Benfica, mas não tive sequência. Se eu pudesse voltar no tempo, teria ido para a Europa sim, mas confesso que não iria para o Barcelona. Teria acertado com outro time, em que eu teria mais espaço.

Terra - Logo após o mau momento na Europa você retornou ao Brasil, para jogar no Santos e no Cruzeiro e também não brilhou. A que atribui esse rendimento abaixo do esperado nos dois clubes?
Keirrison -
No Santos eu tive uma sequência boa, realizei bons jogos e conquistei dois títulos importantes. No Cruzeiro eu estava jogando e me machuquei novamente.

Terra - E mesmo após essa fase ruim e essa nova lesão, o Coritiba foi lá e apostou em você novamente. Como está o seu carinho pelo clube?
Keirrison -
Tudo o que eu tenho eu devo ao Coritiba. Tudo o que eu mais quero é retribuir tudo o que esse clube fez por mim. Quero dar muitas felicidades para essa torcida maravilhosa.

Leia Também

ESPAÇO SAÚDE
Você malha demais?, este chá é o melhor amigo de quem sente dor muscular depois da musculação
EM CIDADE DO MS
Em MS, Estudante de medicina morre após jogar partida de futebol
DICA DE TURISMO E FÉRIAS
Dicas para curtir uma temporada em Arraial do Cabo
LUTO - ESPORTE
Morre Jackelyne da Silva, ginasta da seleção brasileira, aos 17 anos
ALERTA AOS PESCADORES
Lei proíbe a pesca e comercialização do Dourado por cinco anos no Estado
COPINHA
Douradense concorre a gol mais bonito da Copa SP
BOMBANDO - MUNDO DA BOLA
Ribery come bife banhado a ouro no valor de R$ 5 mil; Assista
PRAIAS DOCE NO MS
Praias doces na costa leste de MS surpreendem pela beleza e são opção para férias
VÍDEO - AQUIDAUANA - MS
VÍDEO: Morro Paxixi e Morro Chapeu na MS-450 em Aquidauana - Imagens aéreas
MAIS UM DO MS EM BRASÍLIA
Secretário especial do Esporte é mais um nome de MS no governo Bolsonaro