Menu
SADER_FULL
sexta, 22 de junho de 2018
PASSARELA
Busca
ITALÍNEA
COPA DO BRASIL

Fora de casa, Grêmio mete 3 a 1 no Atlético-MG e se aproxima do título

Grêmio surpreende o galo e vencer em Minas

24 Nov 2016 - 07h27Por Globo Esporte

Nos primeiros minutos da segunda etapa, o Atlético aparentou ter voltado diferente. Partiu pra cima e já assustou a meta de Marcelo Grohe no primeiro ataque, em finalização de Lucas Pratto. Aos 9 minutos, porém, uma ducha de água fria: em linda jogada individual de Pedro Rocha, personagem do jogo, o Grêmio ampliou o placar para 2 a 0. O Atlético não tinha outra alternativa a não ser se lançar ainda mais ao ataque. Marcelo Oliveira trocou Cazares - muito mal no jogo - por Clayton, mas a substituição em si não fez tanta diferença. O que mudou a partida foi a expulsão de Pedro Rocha aos 21, após receber o segundo amarelo. Virou ataque contra defesa. Hyuri e Marcos Rocha entraram bem, e o Galo tanto pressionou que diminuiu para 2 a 1, com um belo gol de Gabriel. No embalo do "Eu acredito" da torcida atleticana, o time foi todo para o ataque e deu espaço para o contra-ataque gremista. Aos 45, Pedro Geromel arrancou como um lateral pela direita, cruzou na área, e Everton deu números finais ao jogo: 3 a 1.

 

De modo geral, o Grêmio foi superior ao Atlético durante todo o jogo, mas a superioridade foi mais evidente no primeiro tempo. No intervalo, Robinho definiu bem o que aconteceu na primeira metade da partida: "Eles estão ganhando o meio-campo". O setor médio do time gaúcho dominou o jogo e não deixou o Atlético jogar. A pressão na saída de bola, inclusive, deu resultado e gerou o primeiro gol, marcado por Pedro Rocha aos 29 minutos da primeira etapa. O Galo não conseguiu jogar, parou na boa marcação do time de Renato Gaúcho e foi para o intervalo com a missão de voltar diferente para tentar reverter o grande domínio do adversário.

 

ESTRATÉGIA PERFEITA E BOA VANTAGEM

 

O confronto entre Atlético e Grêmio, na final da Copa do Brasil, tem alguns ingredientes interessantes. A característica diferente dos times, por exemplo. O Grêmio tem um jogo mais técnico, cadenciado. Sabe explorar a posse de bola e tem o contra-ataque como arma mortal. O Atlético aposta no volume ofensivo, na velocidade e no talento de Robinho, Pratto e companhia. No Mineirão, na primeira metade da decisão, a estratégia do Grêmio deu certo e anulou a do Galo. Durante a maior parte do jogo, o Tricolor mandou no meio-campo e soube aproveitar a posse de bola para marcar os dois primeiros gols. Pedro Rocha foi expulso, e o Atlético, com um a mais, partiu pra cima e conseguiu reduzir o placar. Na pressão pelo empate, abriu espaço para o contra-ataque gremista, que foi mortal e fechou o placar: 3 a 1. Excelente vantagem.

Grêmio surpreende o galo e vencer em Minas (Foto: Globo Esporte)

Deixe seu Comentário

Leia Também

COPA DO MUNDO
No sufoco, Brasil supera a Costa Rica e consegue primeira vitória na Copa do Mundo
ADIOS LOS HERMANOS
Argentina é goleada pela Croácia e complica sua classificação
DOURADOS - DR. SHAPE
Dr. Shape Dourados terá café da manhã, bolão grátis para quem for assistir o jogo do Brasil na loja
UNIPAR - EAD - DOURADOS
Unipar EAD com pós-graduação e 25 cursos a distância com mensalidade acessíveis agora em Dourados
AÇÕES ONEVAN DE MATOS
Onevan participa da entrega da reforma de escola reivindicada por ele ao Governo do MS
FÁTIMA DO SUL - COMEÇOU
Começa nesta segunda desafio Limit Academia com prêmio de R$ 1.000 reais e fim de semana em Bonito
VICENTINA - PESQUEIRO 7 BELLO
Vicentina: Caldo de peixe por conta do Pesqueiro 7 Bello na hora do jogo, antes tem delícioso almoço
FATIMA DO SUL
As vespera do jogo do Brasil Fátima do Sul entra no clima da Copa do Mundo
COPA DO MUNDO
Fifa investiga razões para 6 mil lugares vazios durante Uruguai x Egito
FÁTIMA DO SUL - NESTE DOMINGO
1ª Feijoada do Cupim acompanhada com 'Resenha do Samba' e jogo da seleção em Fátima do Sul