Menu
LIMIT ACADEMIA
terça, 22 de janeiro de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
CANTINA BAH
estádio morenão

Após a venda de 3 mil ingressos, TV e horário cancelam jogo do Flamengo

O jogo aconteceria no próximo dia 27 no Morenão e foi transferido para Fortaleza

17 Out 2013 - 16h25Por Campo Grande News

Após a venda de 3 mil ingressos, o jogo entre Portuguesa e Flamengo, que aconteceria no dia 27, no Estádio Pedro Pedrossian, o Morenão, foi transferido para a Arena Castelão, em Fortaleza. O motivo da alteração é o Horário de Verão, que começa neste fim de semana em Campo Grande e que na prática obrigaria as equipes se enfrentarem sob o Sol das “14 horas”.

Foi impossibilitada a alteração do horário para mais tarde também, por exigência da TV Globo, dona dos direitos de transmissão da competição. “Está na grade da programação deles a transmissão deste jogo. Com o Horário de Verão, o sol ia estar muito forte para os jogadores entrarem em campo e mudar a programação deles é impossível. A diretoria da Portuguesa nos deu três opções e ficamos com Fortaleza”, contou o empresário da Xaxá Produções, Fabiano Rodrigues.

O empresário lamenta não poder realizar o jogo em “sua terra”, mas que em Fortaleza já recebeu apoio dos responsáveis pela Arena Castelão. O cancelamento da partida no Estádio Pedro Pedrossian, o Morenão, frustrou os torcedores de Campo Grande. Os ingressos custavam de R$ 70 a R$ 120.

Até ontem já haviam sido comercializados cerca de 3 mil ingressos, que poderão ser trocados pelo dinheiro a partir desta sexta-feira (18), nos respectivos postos de vendas onde foi adquiridos. Na tarde desta quinta-feira (17) já não estavam sendo mais vendidos os ingressos para o jogo.

Esta é a segunda vez que a Xaxá Produções tentou trazer um jogo para Campo Grande. Em julho deste ano chegou a ser confirmada a partida entre São Caetano e Palmeiras, pela Série B, mas em seguida foi cancelada a vinda. Na época a organização culpou a FFMS (Federação de Futebol de Mato Grosso do Sul), por não viabilizar o evento.

A notícia frustrou flamenguistas em Campo Grande. O jornalista Antônio Marques de Almeida, 42 anos, que voltou de Brasilia (DF) há um ano e meio, ficou triste com a notífica. Ele contou que o filho, João Pedro, 8, ficará muito frustrado com o cancelamento. O menino vem vendo os jogos do Flamengo na Capital federal e pretendia assistir um no estádio. Ele chegou a ir aos postos de venda para comprar ingresso ontem, mas não encontrou ingresso a venda. 

Reclamações – Fabiano criticou a negociação com a UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul). Ele acusa o responsável pelo estádio, Jair Sartorello de ter cobrado o valor do aluguel exorbitante para o jogo. “Há um mês para Portuguesa e Corinthians cobrarm R$ 9 mil o aluguel, para nós queriam cobrar R$ 13 mil, por que aumentou tanto em tão pouco tempo?”, questionou.

Vale lembrar que para alugar o Morenão para jogos “regionais”, o valor é de R$ 1,1 mil. A Portuguesa tem até esta sexta-feira para alterar o local de jogo do Canindé para o Castelão, de acordo com as regras da CBF (Confederação Brasileira de Futebol).

Deixe seu Comentário

Leia Também

ESPAÇO SAÚDE
Você malha demais?, este chá é o melhor amigo de quem sente dor muscular depois da musculação
EM CIDADE DO MS
Em MS, Estudante de medicina morre após jogar partida de futebol
DICA DE TURISMO E FÉRIAS
Dicas para curtir uma temporada em Arraial do Cabo
LUTO - ESPORTE
Morre Jackelyne da Silva, ginasta da seleção brasileira, aos 17 anos
ALERTA AOS PESCADORES
Lei proíbe a pesca e comercialização do Dourado por cinco anos no Estado
COPINHA
Douradense concorre a gol mais bonito da Copa SP
BOMBANDO - MUNDO DA BOLA
Ribery come bife banhado a ouro no valor de R$ 5 mil; Assista
PRAIAS DOCE NO MS
Praias doces na costa leste de MS surpreendem pela beleza e são opção para férias
VÍDEO - AQUIDAUANA - MS
VÍDEO: Morro Paxixi e Morro Chapeu na MS-450 em Aquidauana - Imagens aéreas
MAIS UM DO MS EM BRASÍLIA
Secretário especial do Esporte é mais um nome de MS no governo Bolsonaro