Menu
RIO_DOURADOS
SADER_FULL
Busca
SUCURI_MEGA
ENTRETENIMENTO

Meu Malvado Favorito 3: Filme quebra recorde em estreia nos Estados Unidos

Meu Malvado Favorito 3: Filme quebra recorde em estreia nos Estados Unidos

2 Jul 2017 - 12h50Por UOL - ENTRETENIMENTO

Gru e os Minions estão em mais uma aventura e o público continua seguindo a saga de animação da Illumination Pictures. O lançamento de Meu Malvado Favorito 3 já chegou quebrando um recorde: segundo a Forbes, foi a maior estreia da história do cinema dos Estados Unidos, em relação ao número de salas de exibição: nada menos do que 4529 locais.

Nas bilheterias, o filme também começou bem: segundo relatórios do site Box Office Mojo, Meu Malvado Favorito 3 iniciou sua trajetória com US$4,1 milhões em pré-estreias.Na nova aventura, Trey Parker (o vilão Evil Bratt) se junta a Steve Carell, que reprisa o papel de Gru e do seu gêmeo Dru, ao lado dos Minions.

Já na versão brasileira, a animação conta com as vozes de Leandro Hassum como Gru/Dru, Maria Clara Gueiros como Lucy Wilde e Evandro Mesquita como Balthazar Bratt.

Deixe seu Comentário

Leia Também

DOURADOS - OKA PISOS E ACABAMENTOS
Conjunto reúne design, elegância e funcionalidade somente na OKA Pisos e Acabamentos de Dourados
FÁTIMA DO SUL - O BOTICÁRIO
O Boticário convida você a conhecer mais nova Fragrância Feminina em Fátima do Sul
Teria Coragem?
Mergulho com crocodilos gigantes na Austrália (Vídeo)
25 a 27 de Maio
VEM AÍ – XIV Festa do Milho, serão três noites de shows no município de Jateí
Governo investindo no esporte
MS inova no esporte com entrega de Bolsas inéditas no Brasil
FÁTIMA DO SUL - ESPAÇO PUBLICITÁRIO
Alerta De Tendência: Coturno de salto é o sapato da vez na LF Calçados em Fátima do Sul
Novela Global
Fabiana é presa no fim de 'O outro lado do paraíso'
Libertadores da América
Copete 'ressurge', Meninos da Vila brilham e Santos cresce na Liberta
O Apocalipse
Anticristo leva ‘Apocalipse’ à vice-liderança na audiência
DOURADOS - ITALÍNEA MÓVEIS PLANEJADOS
Você já conhece o nosso revestimento PET? O plástico PET confere à madeira, na Italínea Dourados