SUCURI_MEGA
FatimaNews - Notícias de Fátima do Sul e região
Fátima do Sul, 22 de Julho de 2017
DELPHOS_FULL
17 de Julho de 2017 18h00

Homenagens e emoções marcam os 100 anos de Dona Jovi em Fátima do Sul

Para a comemoração vieram parentes de Rondonia, São Paulo, Minas Gerais e várias cidades do Estado de MS.

Adélio Ferreira - Fátima News
Para a comemoração vieram parentes de Rondonia, São Paulo, Minas Gerais e várias cidades do Estado de MS. (Fotos: Adélio Ferreira)Para a comemoração vieram parentes de Rondonia, São Paulo, Minas Gerais e várias cidades do Estado de MS. (Fotos: Adélio Ferreira)

"Momentos inesquecíveis" foi a frase repetida por todos que tiveram o privilégio de participar da comemoração do centenário da Sra. Joventina Benicio Coelho, chamada carinhosamente de "Dona Jovi".

As homenagens iniciaram no dia 14, com a celebração de uma missa em ação de graças, pelo padre Ládio, em sua residência, em Fátima do Sul,  juntamente com familiares, amigos e convidados.

Para a comemoração vieram parentes de Rondonia, São Paulo, Minas Gerais e várias cidades do Estado de MS.

E no sábado, 15/07/2017, o Centro de Eventos da Capela São Francisco foi palco da grande festa para comemorar o grande acontecimento da vida da aniversariante, que no auge dos seus 100 anos, conseguiu suportar as longas horas de toda festividade.

Alegria foi proporcionado a ela com a presença de sua unica irmã, ainda viva, com 93 anos, "Tia Totoinha, que viajou de São Paulo e esteve todo o tempo ao lado da aniversariante.

Fazendo parte das homenagens, foi mostrado slides de fotos, relatando toda a história da vida de "Dona Jovi", que emocionou todos os familiares e convidados.

HISTORIA

Joventina Benicio Coelho, natural de Araripina-PE, nascida em 14/07/1917. Seus pais foram Arnaldo José Rodrigues e Jozefina Benicio Coelho. Teve 12 irmãos, sendo a única irmã viva, Tia Totoinha.

Na cidade pernambucana, casou-se em 19/02/1942, com Antonio José da Costa (falecido em 01/12/2011), que juntos iniciaram a construção de sua família de 6 filhos, sendo um falecido ainda pequeno.

Após um ano de casado, tiveram seu primeiro filho, e como Joventina é devota de São Sebastião, deu esse nome ao primeiro filho. Logo tiveram mais dois filhos naquele Estado. Maria, conhecida como Anali e José, conhecido como Deco.

Em 1951 partiram de Araripina para o estado então chamado de Mato Grosso, porque receberam uma carta do irmão Marcelino, dizendo que o governo de Getulio Vargas estaria formando uma colônia agrícola e estava distribuindo terras na região. Com esperança de uma vida melhor, partiram com seus filhos.

Ao chegar em Dourados, residiram u ano e oito meses na linha do Barreirão,  próximo a Igreja São José. Após esse período, receberam em difinitivo um lote rural, na Linha do Iguassu, sob o projeto da Colônia Agrícola de Dourados. As dificuldades foram inúmeras, pois precisaram derrubar a vegetação nativa para dar lugar a plantação, na criação de animais e na construção da moradia.

E nesta região, que nasceram mais duas filhas: Elza e Elenita. Em  1981, a garantia de tempos melhores vinha a tona, com a chegada da energia elétrica. Assim, puderam comprar eletrodomésticos, iluminar as noites e dar um conforto melhor para a família.

Joventina ou Dona Jovi, como é conhecida, é uma mulher forte, de fibra, de coragem, de perseverança, batalhadora, que com o tempo e a confiança em Deus supera todos os desafios e as armadilhas impostas pela vida.

Hoje, ela completa 100 anos de vida. E como frutos, e se as contas estiverem certas, conhecemos 5 filhos, sendo que Maria (Anali) e Sebastião, já se encontram com Deus. Vinte e dois netos, mas Gilson Benicio de Freitas, (branco) Cleder Pedrebom (Zezinho) também estão com o nosso Pai do Céu. 42 bisnetos e 9 tataranetos.

Assim então, podemos considerá-la uma mulher realizada e feliz, um exemplo para muitos e com certeza amada por todos.

Comentários
Veja Também
FORTALEZA
AGÊNCIA_SUCURI_LATERAL
REINO_MATRÍCULAS_2017
Últimas Notícias
  
AGÊNCIA_SUCURI_LATERAL
Eventos
dothCom © Copyright FatimaNews - Todos os Direitos Reservados.