Menu
SADER_FULL
sábado, 21 de julho de 2018
PASSARELA
Busca
ITALÍNEA
Sem Greve

Professores aceitam proposta salarial do governo e escolas mantêm aulas

Uma assembleia geral para debater o assunto foi realizada na tarde desta quarta-feira (26), em Campo Grande, envolvendo a participação dos 74 SIMTEDs

27 Jul 2017 - 07h22Por Da Redação

Não haverá greve nas escolas estaduais de Fatima do Sul. A decisão se deu após a maioria dos professores de rede de ensino de Mato Grosso do Sul decidirem aceitar a proposta salarial do Governo do Estado.

Uma assembleia geral para debater o assunto foi realizada na tarde desta quarta-feira (26), em Campo Grande, envolvendo a participação dos 74 SIMTEDs (Sindicatos Municipais dos Trabalhadores em Educação) que compõem a FETEMS (Federação dos Trabalhadores em Educação de Mato Grosso do Sul).

A reunião contou com a presença de aproximadamente 400 participantes, entre delegados, representantes dos sindicatos, vice-presidentes das 14 regionais, e delegados de base da CNTE (Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação).

 
Cb image default
 

Assembleia foi realizada na tarde desta quarta-feira (26), em Campo Grande - Foto: Fetems

 

“Seria melhor o cumprimento da legislação como foi aprovada em 2015, porém, diante do quadro que foi debatido com a categoria, os trabalhadores e trabalhadoras em educação entenderam que é melhor manter essa política de promoção de um ganho real nos últimos anos, apostando no cumprimento integral das etapas que estão sendo negociadas, e mantendo a integralização do piso até 2020, por 20 horas em Mato grosso do Sul. Uma política que nos levou a um dos melhores salários do Brasil”, pontuou o professor Jaime Teixeira, presidente da FETEMS.

Ele destacou que agora é o momento de intensificar as tratativas em relação aos funcionários administrativos em educação. Já foi estabelecido com o governo, a criação de uma comissão de negociação, específica para os administrativos, em busca da implantação de uma política de valorização da categoria.” Entendemos que há um déficit com os nossos trabalhadores e trabalhadoras administrativos em educação. Esse é um debate que será prioritário com o governo”, disse o presidente.

A reportagem tentou contato telefônico com o presidente do Simted de Nova Andradina, Edson Granato, que foi à Capital a fim de participar da audiência, mas ele não atendeu a ligação. Por unanimidade, nesta terça-feira (25), os professores da rede estadual de ensino de Nova Andradina decidiram rejeitar a proposta do Governo do Estado e defender o início de uma greve por tempo determinado.

 
Cb image default
 

Maioria dos professores do Estado decidiram aceitar proposta do governo - Foto: Fetems

 
  1.  

A proposta do governo consiste:

- Garante o índice de equivalência de 78,16% para integralizar o piso por 20horas, no mês de dezembro de 2017, aplicando o percentual de 7,64% na tabela de dezembro de 2016, dividido em duas parcelas, sendo a primeira de 2,94% em setembro, e 4,7% no mês de dezembro;

- Integralizar no mês de outubro de 2018 o índice do piso nacional a ser anunciado em 2018, garantindo em outubro de 2018 o índice de equivalência de 78,16%. O reajuste terá como base a tabela de dezembro de 2017, no entanto, havendo concessão de revisão geral aos demais servidores públicos o índice será aplicado, no mesmo período também aos professores, sendo este valor deduzido do índice do piso nacional quando da integralização em outubro de 2018;

- Garante o índice de equivalência de 82,53% no mês de dezembro de 2018;

- Definir o mês de maio como data base;

- Mantém a convocação da mesma forma que no primeiro semestre;

- Não haverá alteração no Estatuto dos profissionais em Educação.

O governo irá encaminhar um projeto de lei para à Assembleia Legislativa com a íntegra do acordo para que haja a repactuação da Lei Complementar nº 200. (com informações da Fetems)   

Deixe seu Comentário

Leia Também

PREMIO MS
Inscrições para o prêmio de Gestão Pública terminam dia 30 de julho
OPORTUNIDADE DE EMPREGO
Fórum de Itaporã abre inscrições para processo seletivo de Estágio
DOURADOS - UNIPAR EAD
Graduação a Distância em Análise e Desenvolvimento de Sistemas na Unipar EAD em Dourados
FATIMA DO SUL - CONCURSO PUBLICO
Aprovados em concurso da Prefeitura de Fátima do Sul são convocados para Provas de Títulos
AGORA EM DOURADOS - MS
UNIPAR EAD com cursos de Educação Física, Letras, Marketing e mais 22 cursos, Confira todos aqui
ENSINO BÁSICO
Lei estadual estende até 2019 os mandatos de diretores de escolas
OPORTUNIDADE DE EMPREGO
Prefeitura de Laguna Carapã abre concurso com 96 vagas e salários de até R$ 4,1 mil
POLITICA
Eleições 1978: A primeira para o parlamento Sul-Mato-Grossense
DOURADOS - UNIPAR EAD
Pós-graduação em Gestão de Agronegócios agora na Unipar EAD em Dourados
EDUCAÇÃO - FIES - INSCRIÇÕES
Fies abre inscrições nesta segunda com 155 mil vagas para 2º semestre