Menu
prefeitura VICENTINA Março 2019
sexta, 22 de março de 2019
LIMIT ACADEMIA
Busca
ÁGUAS DE BONITO
enem 2013

Internet foi destaque no Enem; exame teve questões sobre tema e 36 desclassificados por vazar fotos

28 Out 2013 - 17h23Por Uol

Em sua 16ª edição, o Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) teve na internet seu grande destaque. Ela foi tema de algumas questões da prova do domingo e foi também o ambiente de divulgação do tema da redação, além dos  "recados" da presidente Dilma Rousseff aos inscritos e aos colaboradores do exame.

Foi por causa da internet, mais especificamente pelas redes sociais, que 36 inscritos no Enem foram desclassificados até o final do domingo (27). Apesar de reiterados avisos dos organizadores do Enem, eles publicaram imagens da prova e de cartões de resposta durante o período do exame.  MEC (Ministério da Educação) e Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira) afirmam que se outros casos forem descobertos, as mesmas providências serão tomadas.

VEJA A CORREÇÃO COMENTADA DAS PROVAS DO ENEM 2013
Gabarito extraoficial - 2º dia: Confira a correspondência com as outras cores de prova
Gabarito extraoficial - 1º dia: Confira a correspondência com as outras cores de prova

Durante a entrevista coletiva de balanço do Enem 2013, o ministro Aloizio Mercadante (Educação) comentou o caso de um radialista que foi detido em Minas Gerais. Ele teria tentado fotografar algumas questões para provar a fragilidade da segurança. Na opinião de Mercadante, a detenção é prova de que a logística da prova funciona.

Ampliar

Candidatos publicam fotos do Enem em redes sociais; MEC elimina 36 alunos8 fotos

5 / 8
Neste ano, candidatos do Enem voltaram a publicar fotos da prova nas redes sociais. Segundo a assessoria de imprensa do Inep, 36 candidatos foram identificados e eliminados do exame nacional Leia mais Reprodução

Prova antenada

Mais de 5 milhões de inscritos fizeram as provas com 180 perguntas e uma redação no final de semana dos dias 26 e 27 de outubro -- e entre as questões, pelo menos oito traziam a discussão em torno da internet, das novas tecnologias e das mídias digitais. Exemplos disso são as questões: 104 (sobre novas tecnologias), 113 (sobre a escrita e a informática), 115 (sobre hipertexto), 123 (sobre internet e o chamado comércio da distração), 125 (sobre uso social da tecnologia), 130 (sobre as buscas na internet), 131 (sobre cyberbullying), 135 (sobre sistemas de comunicação, que incluem a internet). A numeração das questões corresponde ao caderno amarelo.

E era para o Twitter e para o Facebook, redes sociais, que os estudantes corriam antes das provas para dividir as tensões e após os exames para comentar o resultado. Os temas #Enem, #Lei Seca ficaram entre os assuntos mais comentados no Twitter que dispõe de um ranking dessa natureza. Estudantes e inscritos também usaram o Twitter para confundir sobre a prova e o MEC teve que desmentir mais de uma "brincadeira" feita dias antes do exame -- na quarta, o MEC veio a público para dizer que um gabarito circulando pelas redes era falso. Na sexta, o MEC teve que negar o boato do Enem cancelado.

Outra brincadeira dos internautas com o Enem é a criação da hastag #AprendiNoEnem. Com essa marcação, é possível localizar os comentários sobre a prova -- na maioria das vezes, são piadas feitas por inscritos na prova. "#AprendinoEnem que Bacon é um filósofo e não uma comida gordurosa" é um desses tuítes.

Deixe seu Comentário

Leia Também

DETERMINAÇÃO
Adolescente que morava nas ruas passa em 17 universidades
PARALISAÇÃO NACIONAL
Contra a Reforma da Previdência, educadores de Dourados param na 6ª
AÇÃO PARLAMENTAR - ONEVAN DE MATOS
Trabalho de Onevan foi fundamental, Reitor anuncia implantação de novo curso na UFMS de Naviraí
TALENTO
Garoto de 11 anos faz crochê, ensina online e recebe 4 mil pedidos
DIABÓLICO
Momo aparece em vídeos infantis e ensina crianças a se suicidarem
DOCUMENTO UNICO
CPF substitui a partir de hoje diversos documentos
OPORTUNIDADE DE EMPREGO
Prefeitura de Campo Grande abre concurso público para auditor com salários de R$ 9,8 mil
VIOLÊNCIA NA ESCOLA
Aluno gritou 'o mundo é nosso' antes de esfaquear adolescente em escola no Rio
APREENSÃO
Suposto sequestro misterioso de jovem mobiliza Universidade
MASSACRE EM ESCOLA DE SUZANO
Massacre em Escola: 'Cena mais triste que eu já vi', diz Doria, morreram 10 inocentes