SUCURI_MEGA
FatimaNews - Notícias de Fátima do Sul e região
Fátima do Sul, 9 de Dezembro de 2016
FARMÁCIA_DA_ECONOMIA_468
RAÇA_ANIMAL_468
18 de Novembro de 2016 15h49

Estudantes liberam acesso de técnicos mas continuam ocupando a UFGD

Ocupação permanece e estudantes querem que PEC-55 não seja votada pelo Senado

Dourados News

Um grupo de estudantes que ocupam o prédio da reitoria da UFGD (Universidade Federal da Grande Dourados) falou com a imprensa na manhã desta sexta-feira (18). Eles liberaram o acesso para os técnicos administrativos da instituição para entrarem e retirar documentos durante a semana. O vestibular, agendado para o domingo, será realizado normalmente, já que não haverá prova no campus onde funciona a reitoria.

O local está ocupado há mais de uma semana por estudantes universitários, contrários a PEC-55 antiga 241, e a reforma do Ensino Médio e ainda a Lei da Mordaça.

"Queremos deixar claro que desde de segunda-feira (14), os técnicos administrativos têm acesso as salas de trabalhos deles e também podem retirar documentos, desde que compareçam com crachá e um documento", comentou os três integrantes, que foram escolhidos durante assembleia para falar com a imprensa e que se identificaram como Guilherme Irish, jovem morto pelo pai em Goiás, por não aceitar a participação do jovem de 20 anos, na ocupação da UFG (Universidade Federal de Goiás).

Segundo o grupo, a pedido da reitoria, o local foi liberado hoje (18) para que recebesse os servidores de todos os setores.

"A reitoria nos solicitou e em assembleia acatamos o pedido, porém só nesta sexta-feira (18), mas não sabemos ao certo os motivos", disseram.

Questionados sobre até quando pretendem permanecer ocupando o local, os estudantes disseram sobre a PEC-55 seja ‘banida’, assim como as outras reivindicações deles aceitas.

Em relação a negociação entre o grupo e a reitoria, eles contam que a princípio, foi solicitado apenas que fosse liberado o acesso para os servidores trabalharem no local.

"Estamos em negociação, até porque temos reivindicações na nossa pauta, a reitoria nos solicitou para que fosse liberado o acesso para que os servidores voltassem ao trabalho, porém solicitamos a escala, para os trabalhos em dias alternados por setores, mas eles não aceitaram", disseram.

O Dourados News entrou em contato com a UFGD através da assessoria de imprensa, buscando informações sobre as negociações com os alunos e também se foi realizado o pedido de reintegração de posso do local.

A informação repassada foi que na manhã de hoje (18), acontece uma reunião entre a procuradoria da universidade e também a Defensoria Pública da União e reitoria e que após o término, uma posição seria repassada.

Ocupação

A ocupação aconteceu na noite do dia 9 de novembro, durante assembleia dos estudantes. Desde então o local conta com a presença dos alunos que publicam informações sobre a ocupação em uma página na rede social Facebook.

Durante a ocupação, os universitários não falaram com a imprensa, apenas com pessoas ligadas a reitoria.

No dia seguinte, após negociação o pró- reitor Márcio Barros, conseguiu que documentos fossem retirados para que trabalhos fossem realizados em outro local, que não fosse o prédio.

Comentários
Veja Também
Nossa_Lojas
REINO_MATRÍCULAS_2017
JHON_300_100
Últimas Notícias
  
FORTALEZA
Eventos
dothCom © Copyright FatimaNews - Todos os Direitos Reservados.