Menu
PASSARELA
segunda, 25 de junho de 2018
SADER_FULL
Busca
ITALÍNEA
Pré-História

Criança tropeça e cai em cima de fóssil de um milhão de anos!

A criança, que atualmente tem 10 anos, estava testando alguns walkie-talkies com seus irmãos, quando tropeçou e caiu.

26 Jul 2017 - 08h52Por Yahoo

Em novembro de 2016 o pequeno Jude Sparks estava numa excursão com sua família perto de sua casa em Las Cruces, Novo México, nos Estados Unidos, quando tropeçou no que pensava ser o crânio de uma vaca.

A criança, que atualmente tem 10 anos, estava testando alguns walkie-talkies com seus irmãos, quando tropeçou e caiu. “Meu rosto acabou em cima da mandíbula inferior. Eu olhei mais acima e vi que havia outro canino,” disse ele.

Jude Sparks. Foto: IBT

Jude, como tantos outros da sua idade, é um fanático por fósseis e dinossauros. Para alimentar sua curiosidade – embora sem grandes expectativas – seu pai, Kyle Sparks, entrou em contato com um especialista da Universidade do Novo México, Peter Houde, que conheceu através de um vídeo no Youtube.

“Fiquei muito emocionado,” disse Houde a ABC News. “Eu realmente gosto de incentivar as pessoas a serem conscientes. É surpreendente que esta família, em particular, tenha feito o que fez. Se eles tivessem tentado desenterrar algo sozinhos, seria necessária uma grande quantidade de conhecimentos técnicos para não destruir o espécime”.

Houde confirmou que se trata de um estegomastodonte, um mamífero primitivo antigo, que viveu há aproximadamente 1,2 milhão de anos.

Captura de vídeo/ABC News

 

“Um estegomastodonte, para nós, pareceria um elefante,” afirma o especialista num artigo no site da Universidade. “Dos diferentes tipos de elefantes que temos nesta região, este provavelmente é o mais comum deles. Mas ainda assim, eles são muito raros. Este pode ser o segundo crânio completo encontrado no Novo México”.

Depois que a família entrou em contato com Houde, a mandíbula e os dois caninos foram levados ao Museu de Vertebrados da Universidade. Em maio, Jude e sua família se uniram a uma equipe de alunos e professores que trabalharam durante uma semana para desenterrar cuidadosamente o crânio.

O menino e a família ajudaram os especialistas a escavar o crânio/Reuters

Estima-se que a mandíbula pese cerca de 54 quilos, e que o peso do crânio seja de uma tonelada.

Houde explicou que demorou alguns meses para obter a permissão para escavar na propriedade, cujo proprietário pediu que o sítio seja mantido em segredo. Também foi difícil obter os produtos químicos especiais necessários para preservar os fósseis adequadamente. A Faculdade de Artes e Ciências financiou o processo de escavação do fóssil.

“É maravilhoso para a comunidade local, pois agora todos podem apreciá-lo,” disse Houde.

Benito Kozman

Deixe seu Comentário

Leia Também

FÁTIMA DO SUL - FOTO DO DIA
FOTO DO DIA: Primeiro prédio das Casas Pernambucanas na década de 1970 em Fátima do Sul
FATIMA DO SUL - JOJUMS
Escola Vicente Pallotti de Fátima do Sul faz bonito no JOJUMS em Três Lagoas
FATIMA DO SUL
Aluno de Fátima do Sul é Homenageado por representar o MS na etapa Nacional pelo Meio Ambiente
UNIPAR - EAD - DOURADOS - CONVÊNIO ABEVÊ
Unipar EAD fecha convênio com Grupo Abevê garantem até 25% de desconto nas mensalidades em Dourados
FÁTIMA DO SUL - LF CALÇADOS
Inspirações com looks com tênis para usar já! dicas da LF Calçados em Fátima do Sul
DEPUTADO TRABALHANDO PELO MS
Onevan assegura mais 3 emendas parlamentares para Batayporã
FATIMA DO SUL EM DESTAQUE
Aluno de Fátima do Sul representa o MS na etapa Nacional pelo Meio Ambiente
COLÉGIO DELPHOS - BOLSAS DE ESTUDOS
Colégio Delphos Nota 10 oferece provas para bolsas de estudos neste sábado em Dourados
UNIPAR - EAD - DOURADOS
Unipar EAD com pós-graduação e 25 cursos a distância com mensalidade acessíveis agora em Dourados
AÇÕES ONEVAN DE MATOS
Onevan participa da entrega da reforma de escola reivindicada por ele ao Governo do MS