Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
segunda, 26 de agosto de 2019
SADER_FULL
Busca
AGÊNCIA BONITO THIAGO
DEMISSÃO VOLUNTÁRIA

Reinaldo diz que PDV é atrativo para quem não se adaptar à jornada de 8h

A lei que institui o Programa de Desligamento Voluntário é destinada aos servidores efetivos civis, excluindo policiais militares

16 Abr 2019 - 14h44Por Campo Grande News

O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) afirma que o PDV (Programa de Desligamento Voluntário), que foi publicado nesta terça-feira (dia 16), é “opção e atrativo” para o servidor que não se adaptar à jornada de oito horas, que passa a valer a partir de 1º de julho.

“O PDV vai ser opção para o servidor que não conseguir adaptar a sua vida à nova rotina. O programa vem como opção e atrativo. Como é facultativo, adere quem quiser, não temos previsão de quantos servidores vão participar e nem colocamos metas. O PDV é para quem quer sair do governo estadual. Vem para preencher a lacuna de quem não se adaptar às 8h”, diz Azambuja, que participa, em Campo Grande, de lançamento da campanha do agasalho.

Sobre a ampliação da jornada de seis horas para oito horas dos servidores públicos concursados e comissionados, o governador afirma que uma pesquisa apontou que 93% da população entende que a administração estadual deve trabalhar oito horas diárias. “Inclusive eu, que sou um servidor”, afirma.

Bônus - A lei que institui o Programa de Desligamento Voluntário é destinada aos servidores efetivos civis. Desta forma, de acordo com o secretário adjunto da SAD (Secretaria Estadual de Administração e Desburocratização), Édio Viegas, não inclui os policiais militares. Na segurança pública, a administração não tem interesse em reduzir funcionários.

O governo vai divulgar, a cada exercício e conforme o interesse público, os períodos de abertura do programa e critérios de adesão. O documento vai detalhar os órgãos, carreiras, cargos e funções dos servidores que poderão participar do PDV.

O pedido de adesão será feito pelo servidor e encaminhado à SAD (Secretaria de Estado de Administração e Desburocratização), com prazo de 45 dias úteis para análise e decisão. O servidor que aderir vai receber o equivalente a uma remuneração mensal para cada ano trabalhado, além de bônus de 30%.

Deixe seu Comentário

Leia Também

FÁTIMA DO SUL - NOVIDADES NO BOTICÁRIO
Make B. lança novos tons do seu queridinho iluminador, confira no O Boticário em Fátima do Sul
FÁTIMA DO SUL - MERENDA ESCOLAR
Escola Vicente Pallotti divulga aviso de licitação para adquirir merenda escolar em Fátima do Sul
DEODÁPOLIS - OPORTUNIDADE
Bora trabalhar, Seara estará dia 27 de agosto realizando processo seletivo em Deodápolis
MS EM DESTAQUE
Governo de MS é o único com stand institucional no Salão Internacional da Avicultura e Suinocultura,
FÁTIMA DO SUL - PROMOÇÕES O BOTICÁRIO
Confira as Promoções imperdíveis no O Boticário em Fátima do Sul
OPORTUNIDADE DE EMPREGO
Processo seletivo do Senar tem 10 vagas e salário de R$ 6,5 mil
FÁTIMA DO SUL - QUINTA FILÉ
Confira a QUINTA FILÉ do Mercado Julifran com ofertas imperdíveis em Fátima do Sul
CURSO PROFISSIONALIZANTE
Funtrab abre inscrições para 145 vagas de cursos de qualificação
PROCESSO SELETIVO NO MS
Prefeitura abre processo seletivo com oito vagas e salário de R$ 3,2 mil em MS
CONSTRUÇÃO CIVIL
Com foco no mercado profissional, capacitações na construção civil são oferecidas a detentos de MS