SUCURI_MEGA
FatimaNews - Notícias de Fátima do Sul e região
Fátima do Sul, 7 de Dezembro de 2016
RAÇA_ANIMAL_468
23 de Novembro de 2016 17h23

Dólar sobe mais de 1% no segundo dia seguido de alta e fecha a R$ 3,394

UOL

dólar comercial fechou esta quarta-feira (23) em alta de 1,12%, a R$ 3,394 na venda. É o segundo dia seguido de valorização. 

Com isso, a moeda norte-americana acumula alta de 0,21% na semana. No mês, tem ganho de 6,39% e, no ano, desvalorização de 14,03%.

Economia dos EUA

O mercado foi influenciado pela divulgação de dados bons sobre a economia dos Estados Unidos. Isso aumentou as apostas de que o Federal Reserve (Fed, banco central norte-americano) deve elevar as taxas de juros no país em breve.

As encomendas de bens duráveis nos EUA subiram 4,8% em outubro, muito acima da previsão em pesquisa da agência de notícias Reuters de avanço de 1,5%. Além disso, o índice de confiança do consumidor medido pela Universidade de Michigan foi a 93,8 em novembro, acima dos 91,6 previstos em pesquisa Reuters.

"Os dados fortalecem a leitura de que os juros terão que subir nos Estados Unidos", comentou o operador de câmbio de uma corretora à Reuters.

Juros mais altos nos EUA poderiam atrair para lá recursos atualmente investidos em outros países onde os rendimentos são maiores.

Ata do BC dos EUA

Os investidores também aguardavam a divulgação da ata Federal Reserve (Fed, banco central dos EUA), prevista para esta tarde. O documento é sobre a última reunião do Fed.

A ata deve dar pistas de quando o BC norte-americano deve elevar os juros no país.

Ausência do BC

No Brasil, a alta da moeda norte-americana foi influenciada pelo fato de o Banco Central não ter atuado no mercado de câmbio.

Ontem, o BC encerrou a rolagem dos swaps tradicionais (equivalentes à venda futura de dólares) que vencem no dia 1º de dezembro e, à noite, não anunciou leilões para esta sessão.

Comentários
Veja Também
REINO_MATRÍCULAS_2017
Nossa_Lojas
GESSO
Últimas Notícias
  
GESSO
Eventos
dothCom © Copyright FatimaNews - Todos os Direitos Reservados.