MEGA_OKA_CARROS_
FatimaNews - Notícias de Fátima do Sul e região
Fátima do Sul, 19 de Novembro de 2017
DELPHOS_FULL
RIO_DOURADOS
5 de Maio de 2017 19h42

Veja a previsão para este mês que terá frio com 2°C e geada no Mato Grosso do Sul

CORREIO DO ESTADO

Tendência para o resto do outono e início do inverno, que começa em 21 de junho, é de frio de curta duração e forte intensidade em Mato Grosso do Sul.

De acordo com prognóstico do meteorologista Natalio Abrão, aquecimento das águas do oceano Pacífico continuam influenciando as condições do clima e ausência de massa de fria deve deixar temperaturas mais altas que o normal para o período.

Isso indicará ondas de calor, baixa umidade relativa do ar e céu com poucas nuvens, predominantemente.

No entanto, chegadas de massas de ar polar devem derrubar as temperaturas ainda neste mês, provocando frio intenso.

"Esperam-se intensas ondas de frio com curta duração, em poucos dias, mas muito forte capazes de provocar geadas no sul e sudoeste do MS, especialmente em maio e junho", disse o meteorologista.

Neste mês, nos dias 10 e 11 deve haver queda fraca nas temperaturas, com mínimas entre 13°C e 15°C na Capital e de 12°C na região sul.

Primeira grande onda de frio intenso deve ocorrer no dia 21 de maio, com a chegada de uma área de alta pressão com força polar. Frio intenso persistirá de 22 a 27 de maio, sendo as menores temperaturas previstas para o dia 23, com mínimas podendo chegar a 2°C com geadas em Ponta Porã, Amambai, Dourados, Sete Quedas e Mundo Novo.

Na Capital, termômetros podem registrar 5°C. No norte, mínima prevista é de 9°C em Coxim.

Apesar do frio ser mais intenso durante a madrugada e noite, por conta da cobertura de nuvens em função do aquecimento das águas do Pacífico, é possível que haja significativas horas de tardes frias.

CHUVAS

Irregularidade das chuvas será a principal característica do outono/inverno.

Em maio, junho e julho, chuvas devem ficar dentro ou pouco acima da média. Regiões oeste, centro e sul do Estado devem ter chuva acima da média.

Em junho e julho, precipitações devem ficar em torno de 20 mm, não sendo expressivas na maior parte dos municípios.

Comentários
Veja Também
LOJA_02
FARMÁCIA_CENTROFARMA_300
pupa
Últimas Notícias
  
SADER_LATERAL
Eventos
dothCom © Copyright FatimaNews - Todos os Direitos Reservados.