SUCURI_MEGA
FatimaNews - Notícias de Fátima do Sul e região
Fátima do Sul, 9 de Dezembro de 2016
RAÇA_ANIMAL_468
FARMÁCIA_DA_ECONOMIA_468
17 de Novembro de 2016 20h23

Saiba qual a melhor época para vacinar seu rebanho e a Raça Animal tem vacinas em Vicentina e Fátima

Para obter sucesso na pecuária de corte, é necessário elaborar um calendário

CALBOS ANIMAL
FOTO: ROGÉRIO SANCHES / FÁTIMA NEWS
Campanha febre aftosa começa nesta terça e a Raça Animal já tem vacinas em Vicentina e FÁTIMA DO SULCampanha febre aftosa começa nesta terça e a Raça Animal já tem vacinas em Vicentina e FÁTIMA DO SUL

Para obter sucesso na pecuária de corte, é necessário elaborar um calendário profilático, esquematizando as épocas de vacinações.

Há vacinas que são aplicadas no rebanho todo, outras são aplicadas somente em certas categorias de animais, selecionando idade e até mesmo o sexo, como é o caso das vacinações contra o carbúnculo sintomático e a brucelose.

Uma das práticas para bom manejo sanitário na pecuária de corte é a implantação de uma estação de monta, para concentrar os nascimentos dos bezerros na mesma época do ano.

Algumas doenças de interesse:

FEBRE AFTOSA

  • É uma doença aguda que acomete os animais que têm os cascos partidos, extremamente contagiosa e causada por um vírus.
  • Febre alta e feridas na boca e nos cascos. Essa doença é de grande interesse para o Brasil, por ser um fator limitante na exportação de carne para outros países onde ela já foi erradicada.
  • Atualmente, a vacina é oleosa, que dá imunidade mais duradoura. É uma vacina de caráter obrigatório e feita em todo rebanho, independentemente de idade. O seu calendário é determinado pela secretaria de agricultura de cada Estado.

Exemplo: no Estado do Paraná a vacinação deve ser feita nos meses de Maio e Novembro.

CLOSTRIDIOSES

  • Das clostridioses que acometem os bovinos, a mais importante no Brasil é o carbúnculo sintomático.
  • É uma doença típica de animais jovens (até 2 anos). Para sua prevenção, utilizam-se as vacinas polivalentes, isto é, que dão imunidade também contra outros tipos de clostrídios.
  • Quando se utiliza a vacina polivalente, a aplicação é feita no pré-parto, ao nascimento, à desmama e aos 12 meses de idade. Nos animais adultos ela é aplicada uma vez ao ano.

BRUCELOSE

  • É uma doença bacteriana, que interfere na reprodução.
  • Aborto. Essa doença, além do prejuízo econômico, pode ser transmitida ao homem.
  • A vacinação contra ela está se tornando obrigatória em vários estados brasileiros. Ela é feita em dose única e SOMENTE em fêmeas de 3 a 8 meses de idade, acompanhada da marcação com um V seguido do último número do ano de nascimento, no lado esquerdo da cara.

É recomendável que se faça um teste de soro aglutinação anualmente em todos os animais em idade reprodutiva.

SALMONELOSE

  • Essa doença, também chamada de paratifo, é mais comum em animais jovens. Ela provoca enterite (inflamação intestinal), acompanhada de diarreia, febre alta, descoordenação nervosa e morte em 24 a 48 horas.
  • Embora os animais doentes respondam bem ao tratamento com antibióticos, a doença pode ser evitada com vacinação.
  • A vacina é aplicada na vaca no pré-parto (8º mês de gestação) e no bezerro entre 15 e 30 dias após o nascimento.                           

 PASTEURELOSE

  • É uma doença infecciosa aguda, que causa febre, perda do apetite, diarreia sanguinolenta e prostração.
  • Os animais enfermos respondem bem ao tratamento com sulfas.
  • Essa doença pode ser evitada por vacinação, que é feita juntamente com a do paratifo (vacina polivalente). Sua aplicação se faz também no pré-parto e no bezerro entre 15 e 30 dias de vida.

RAIVA BOVINA

  • É uma doença causada por um vírus e transmitida por morcegos hematófagos.
  • A vacinação contra essa doença só é feita em regiões onde existem colônias permanentes de morcegos sugadores de sangue.
  • A vacinação se torna obrigatória quando aparecem focos esporádicos da doença em certas regiões.
  • A aplicação da vacina é anual e feita em todo o rebanho, independentemente de idade. E nas regiões livres, somente quando determinada pelas secretarias de agricultura.

IBR, BVD, PI3 e BRSV

  • São viroses comumente associadas com doenças respiratórias e perdas reprodutivas em bovinos.
  • A prevenção contra essas doenças é feita com vacinas polivalentes, ou seja, existem vacinas para todas elas em conjunto.

A vacinação é feita aos três meses de idade, com reforço 30 dias após, com revacinação anual em dose única.

LEPTOSPIROSE

  • É uma doença de distribuição mundial, sendo mais frequente em áreas de clima quente e úmido. Essa doença é uma zoonose.
  • No bovino, a importância da doença é mais de ordem econômica, por influenciar o potencial reprodutivo do rebanho.
  • No homem, porém, ela pode ser fatal.
  • Essa doença nos bovinos pode ser controlada por vacinação, sendo a primeira dose aplicada entre 4 a 6 meses de idade, com reforço quatro semanas após. Todo o rebanho deve ser vacinado semestralmente.

Fonte: Embrapa. 

CALENDÁRIO DE VACINAÇÃO PARA GADO DE CORTE

CALENDARIO vac

 

Comentários
Veja Também
REINO_MATRÍCULAS_2017
AGÊNCIA_SUCURI_LATERAL
JHON_300_100
Últimas Notícias
  
FORTALEZA
Eventos
dothCom © Copyright FatimaNews - Todos os Direitos Reservados.