Menu
LIMIT ACADEMIA
domingo, 16 de dezembro de 2018
SADER_FULL
Busca
CANTINA BAH
LIMINAR DERRUBADA

Justiça derruba liminares e mantém lei estadual da previdência

Justiça derruba liminares e mantém lei estadual da previdência

16 Mai 2018 - 17h16Por ASSESSORIA

O presidente do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul (TJMS), desembargador Divoncir Schreiner Maran, revogou as três liminares que suspendiam a cobrança de 14% da contribuição previdenciária dos servidores, fixado por lei aprovada pela Assembleia Legislativa no ano passado. O magistrado acolheu os argumentos apresentados pelo Estado, entre eles o de que não aplicação da nova alíquota traria sérios prejuízos à ordem administrativa e econômica.

Para o presidente do TJMS, os argumentos apresentados pelo Estado no pedido de suspensão das liminares comprovam que o déficit nas contas da previdência seria agravado com a suspensão do recolhimento dos 14% da contribuição à Agência de Previdência de Mato Grosso do Sul (Ageprev). Conforme cita o desembargador Divoncir Maran em seu despacho, o dano potencial chegaria a R$ 8,2 milhões por mês.

Em sua decisão, o desembargador cita que o Estado tem o dever de zelar pela promoção do bem comum e a manutenção dos serviços públicos à população, e assim o fez ao ingressar com ação pedindo o cumprimento da Lei 5.101/2017, que fixou que a contribuição previdenciária em Mato Grosso do Sul passaria a ser de 14% para os que ganham acima do teto da previdência nacional, que é R$ 5.645,80.

“Nessa conjuntura de comprometimento da economia pública, compreendida enquanto direito social e dever do Estado na adoção de medidas que visem à promoção do bem comum pela distribuição e manutenção dos serviços públicos, a suspensão das liminares ora combatidas privilegia o interesse público, porquanto assegura o cumprimento de uma lei estadual válida e eficaz, aprovada após o regular processo legislativo, com o objetivo de amenizar o desequilíbrio das contas da previdência estadual”, cita Divoncir Maran em seu despacho.

As liminares haviam sido concedidas em ações ingressadas pela Associação dos Defensores Públicos do Estado de Mato Grosso do Sul, Associação dos Docentes da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul e Associação Sul-mato-grossense de Membros do Ministério Público.

Deixe seu Comentário

Leia Também

MORADOR DE FÁTIMA DO SUL
Corpo encontrado em banheiro em Nova Alvorada do Sul é de morador de Fátima do Sul
FOTOS FAMÍLIA PÉ DI TODDY
Fotos da 3ª Confraternização da Família 'Pé di Toddy' no Rancho Campo Verde em Glória de Dourados
DEPUTADA FEDERAL MAIS VOTADA
Em diplomação, Rose lembra de Culturama e elogia responsabilidade da gestão Reinaldo Azambuja
VICENTINA - VALORIZAÇÃO AO FUNCIONALÍSMO
Marquinhos do Dedé inova mais uma vez e cesta padronizada é entregue aos funcionários em Vicentina
FÁTIMA DO SUL - O BOTICÁRIO
O Boticário começa neste sábado atender em horário especial de Natal em Fátima do Sul
GOVERNO DO MS - CONQUISTAS
Com 86% das metas cumpridas, Reinaldo se reúne com eleitos e traça projetos para 2019
VICENTINA - FOTOS FORMATURA
Confira as FOTOS da Formatura CEI Antonio Roberto Dias em VICENTINA
STARTUPS NO BRASIL JÁ É SUCESSO
O sucesso das startups no Brasil e algumas novas apostas no mercado
FÁTIMA DO SUL - LF CALÇADOS
Loja das Fábricas Calçados com diversos descontos e prazos em toda loja em Fátima do Sul
DEPUTADA ELEITA JÁ TRABALHANDO
Em Brasília, Rose Modesto reúne com ministra e discute fortalecimento da cadeia produtiva do leite