Menu
SADER_FULL
quinta, 19 de julho de 2018
PASSARELA
Busca
ITALÍNEA
Cidades

Juíza acata pedido da Promotoria do Consumidor de Bonito e determina que site seja retirado do ar

4 Out 2013 - 14h17Por MS Record

O Ministério Público de Mato Grosso do Sul por meio da Promotoria de Justiça do Consumidor da Comarca de Bonito, obteve concessão de medida cautelar criminal determinando a imediata retirada do ar do site http://www.inncrivel.com/, em que se oferece de forma lesiva ao consumidor, pacotes de viagens para a cidade de Bonito a preços promocionais excessivamente baixos, distantes da realidade, compostos por produtos e serviços que, na prática, não poderão ser fornecidos nem prestados.

A investigação que deu origem ao processo se iniciou com a informação de que o site mencionado divulga a oferta de pacotes incluindo três diárias em hotéis em Bonito, passagens aéreas, translado e passeio na famosa Gruta do Lago Azul por apenas R$ 479,00.

O problema, de início, é que as empresas de hospedagem anunciadas não tinham conhecimento dessa propaganda e nem mesmo haviam autorizado a inclusão de seus serviços em tais pacotes.

Chamou a atenção, ainda, o fato de que os preços reais de uma única diária nos estabelecimentos anunciados podem variar de R$ 95,00 a R$ 140,00, o que já indica tratar-se de um golpe, pois, nesse contexto, o preço total do pacote mal cobre o valor das três diárias oferecidas, quanto mais dos outros produtos e serviços.

Além disso, não possui lógica o preço do pacote, que inclui passagens aéreas, ser fixo independentemente da origem do embarque, que, como é notório, faz variar o valor da passagem. Não é crível que alguém que embarque em locais tão distantes quanto Curitiba, Salvador, São Paulo e Rio de Janeiro pagassem o mesmo preço pelo aéreo.

Como se não bastasse, somente a empresa Azul Viagens faz voos para Bonito, no entanto, no site http://www.inncrivel.com/, consta que o voo será pela empresa de linhas aéreas GOL.

Baseada nessas e em outras circunstâncias que indicam que o anúncio se trata de um golpe contra o consumidor a Juíza de Direito da 1ª Vara da Comarca de Bonito Adriana Lampert, concedeu a medida cautelar pleiteada pelo Promotor de Justiça Thalys Franklyn de Souza, determinando à UOL Host, de propriedade da empresa Universo Online S/A, que hospeda o site http://www.inncrivel.com/, que o retire imediatamente do ar, a fim de evitar que consumidores sejam lesionados ao adquirirem os pacotes nele anunciados.

O Promotor de Justiça que pleiteou a medida cautelar de retirada do site do ar também requereu a remessa de cópia integral dos autos à Delegacia de Polícia Civil para investigação criminal dos fatos.

Deixe seu Comentário

Leia Também

AGORA EM DOURADOS - MS
UNIPAR EAD com cursos de Educação Física, Letras, Marketing e mais 22 cursos, Confira todos aqui
PIPA ILEGAL
Proibido por lei, mas “comum” nas ruas, cerol torna perigosa brincadeira que atravessa gerações
Mundo Novo
Marido agride grávida com socos e arranca seus cabelos ao desconfiar de traição
Ponta Porã
Jovem diz que recebeu 25 kg de maconha como pagamento por uma semana de sexo
ELEIÇÕES 2018 - ARTICULAÇÕES
DEM escolhe Reinaldo e indica Barbosinha a vice e Zauith ao Senado
MORTE DE BEBÊ
Bebê morre ao ser amamentado com leite contendo com 'combinação letal de drogas'
OPORTUNIDADE DE EMPREGO
Prefeitura de Laguna Carapã abre concurso com 96 vagas e salários de até R$ 4,1 mil
AÇÕES DEPUTADO ONEVAN
AL/MS aprova projeto de Onevan que concede utilidade pública a entidade de Cassilândia
NOVA ONDE DE FRIO
Nova onda de frio chega no dia 20 e sensação térmica fica abaixo de 0ºC
NOVA ALVORADA DO SUL - ACIDENTE FATAL
Homem morre dentro de carro que caiu em represa em Nova Alvorada do Sul