SUCURI_MEGA
FatimaNews - Notícias de Fátima do Sul e região
Fátima do Sul, 20 de Outubro de 2017
DELPHOS_FULL
11 de Abril de 2017 08h25

IBGE abre contratações em MS para censo agropecuário com salário até R$ 4 mil

Os salários variam de R$ 1,5 mil a R$ 4 mil.

CAMPO GRANDE NEWS

O IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) abriu nesta segunda-feira, 10, o processo seletivo para contratar cerca de 600 pessoas pelo sistema de trabalho temporário em Mato Grosso do Sul para o Censo Agropecuário 2017. Os salários variam de R$ 1,5 mil a R$ 4 mil.

A primeira etapa do processo de seleção teve início nesta terça-feira e se estenderá até o dia 9 de maio para a contratação de 25 pessoas, e a segunda etapa vai acontecer no dia 20 deste mês para definir 529 profissionais. As inscrições custam entre R$ 27, a mais barata, e R$ 78, a mais cara.

O Censo iniciará a coleta de informações no dia 2 de outubro deste ano e se estenderá até o dia 28 de fevereiro de 2018. As vagas abertas em Mato Grosso do Sul são nos setores de Analista Censitário (Salário de R$ 4 mil), Agente Censitário Administrativo (Salário de R$ 1,5 mil), Agente Censitário Regional (R$ 2,5 mil) e Agente Censitário de Informática (Salário R$ 1,7 mil).

Segundo o IBGE, a seletiva será realizada com prova objetiva que vai ser aplicada no dia 2 de julho, conforme o edital. A previsão é que o resultado final seja divulgado no dia 10 de agosto. No dia 24 de abril deverá ser lançando outro edital para a contratação temporária de agentes censitários para o Censo Agropecuário 2017, que vai subsidiar a implantação do cadastro de estabelecimentos agropecuários e do Sistema Nacional de Pesquisas Agropecuárias.

Serviço – Mais detalhes sobre as inscrições podem ser obtidas na sede do IBGE em Campo Grande, à Rua Barão do Rio Branco, 1431, Centro, ou peleo telefone 67 3320 4205.

Comentários
Veja Também
BANNER_LATERAL_ASSOMASUL
MBO_SEGURANÇA_300
LÉO_GÁS_300
Últimas Notícias
  
FARMÁCIA_CENTROFARMA_300
Eventos
dothCom © Copyright FatimaNews - Todos os Direitos Reservados.