Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sábado, 24 de agosto de 2019
SADER_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
glória de dourados - teatro na rua

Glória de Dourados recebe a peça teatral Areôtorare

8 Out 2013 - 07h48Por Demerval Nogueira / Fátima News

O município de Glória de Dourados recebeu a peça teatral Areôtorare do grupo Teatro Imaginário Maracangalha, que vem se apresentando em diversas cidades do Estado, fazendo parte do Circuito Sul-Mato-Grossense de Teatro, realização do Governo do MS através da Fundação de Cultura do MS. Areôtorare é uma peça teatral tipicamente de rua. A apresentação em Glória de Dourados aconteceu no Mercado do Produtor, com apoio da Prefeitura local, via Secretaria Municipal de Educação, Cultura, Esporte e Lazer (Semec), pasta comanda pela secretária, professora Ligia Cibeli Tendulo Rodrigues – Departamento Municipal de Cultura (DMC), sob a responsabilidade do chefe de Divisão de Cultura, Jefferson Marques Rocha Barros.

O prefeito Arceno Athas Júnior esclareceu, “para nós é um motivo de muita alegria e satisfação assistirmos mais uma exibição teatral em nossa cidade, numa demonstração clara de que o nosso governo sempre tem apoiado todas as iniciativas culturais”, dimensiona Athas esclarecendo ainda, “em nossas administrações temos procurado constantemente trazer a cultura para dentro do nosso município, porque ela é fundamental para a compreensão de diversos valores morais e éticos que guiam nosso comportamento social. O prefeito agradeceu em nome da população gloriadouradense e parabenizou o grupo Teatro Imaginário Maracangalha por representar de forma tão magnífica e grandiosa a cultura do Estado.

A secretária da Semec, Lígia Cibeli afirma, “nós recebemos o grupo com imenso prazer, pois a peça teatral encenada por eles, baseada em duas obras escritas em 1935, demonstra cristalinamente tudo que ocorre na atualidade, com muita propriedade”, disse Cibeli. Segundo o ator Renderson Valentim, 13 atores trabalham na peça Areôtorare, entretanto, os componentes do grupo envolvem em torno de 40 pessoas na produção e direção. “Trabalhamos há 7 anos a arte pública, com apresentações franqueadas ao público interessado em apresentações teatrais”, comenta Valentim. Ele também afirma que é um grupo que vai mais longe que a própria peça Areôtorare, porque, dentro da contextura geral, “nós procuramos efetuar a pesquisa do teatro de rua, onde analisamos e pesquisamos também a arquitetura das cidades, o diálogo das pessoas, enfim uma séria e vasta análise do processo social”.

A peça teatral Areôtorare é embasada em duas obras do escritor Lobivar Matos: Areôtorare e Sarobá, obras que foram escritas e editadas em 1935, mas que retratam praticamente as situações convividas no cotidiano atual, tais como, a época do movimento separatista, conta a transição de quando parte do Mato Grosso se tornou Mato Grosso do Sul. Com as mudanças veio o progresso que deixou alguns ricos e outros pobres. Retratam também as desigualdades sociais e as problemáticas que o crescimento desenvolvimentista produz - o antagonismo do progresso, entre outros fatores vivenciados na atualidade. A peça em cartaz já foi contemplada com o Prêmio Rubens Corrêa de Teatro 2012, e tem na direção geral Fernando Cruz e direção musical de Jonas Feliz.

Deixe seu Comentário

Leia Também

FUGIR DE ACIDENTE DÁ CADEIA
Fugir de acidente pode terminar com prisão de até um ano; entenda
FATALIDADE
Em MS, Filho de vereador morre e órgãos são encaminhados para transplante
NOVA ANDRADINA - ALERTA AOS PAIS
Onda de suicídios deixa Nova Andradina em alerta: Jovem é encontrado morto
AÇÕES ONEVAN DE MATOS
Onevan e Marcílio pedem ao TRE/MS biometria em Novo Horizonte do Sul
FUTEBOL - PAIXÃO NACIONAL
Uma estrutura confiável para resultados de futebol
MIRANDA - MS - NOVAS ELEIÇÕES
TRE define data para nova eleição em Miranda (MS)
EM CIDADE DO MS
Homem de 50 anos é brutalmente assassinado com golpe de foice durante briga em MS
NAVIRAÍ - AÇÕES ONEVAN DE MATOS
Justiça do Trabalho acolhe pedido de Onevan e inclui escola de Naviraí em programa
AGORA DEU MEDO
Velório é interrompido após morto 'apertar' mão da esposa
VICENTINENSE DE CORAÇÃO
Após 30 anos dividindo palco, Erika Figueiredo aposta no solo e lança clipe, ASSISTA