Menu
SADER_FULL
quarta, 20 de junho de 2018
PASSARELA
Busca
ITALÍNEA
ganhador da mega

Ganhador da Mega-Sena em Ponta Porã ainda não resgatou R$ 1,9 milhão

28 Set 2013 - 07h23Por Campo Grande News

O apostador da Mega-Sena de Ponta Porã, que ganhou, no sábado (21), o prêmio de R$ 1,9 milhão, ainda não foi buscar o dinheiro na agência da Caixa Econômica Federal (CEF). A informação é da assessoria da Caixa Econômica.

Nenhum contato foi feito com a Caixa. O ganhador tem 90 dias a contar da data do sorteio para retirar o prêmio em qualquer agência do país.

De acordo com a assessoria de imprensa da Caixa, independente de greve, um gerente fica responsável de plantão para atender situações como a do ganhador da loteria.

O sortudo teve que dividir o prêmio de R$ 6 milhões com outros dois ganhadores da cidade de São Paulo. Cada um vai receber R$ 1.934.416,36.

O concurso 1.532 foi sorteado em Simão Dias, no Espírito Santo. As dezenas sorteadas foram 02-11-23-31-42-44.

Deixe seu Comentário

Leia Também

UNIPAR - EAD - DOURADOS
Unipar EAD com pós-graduação e 25 cursos a distância com mensalidade acessíveis agora em Dourados
AÇÕES ONEVAN DE MATOS
Onevan participa da entrega da reforma de escola reivindicada por ele ao Governo do MS
AÇÕES DO GOVENO DO MS
Governo lança R$ 1,3 milhão em licitações e divulga outros R$ 3,3 milhões em resultados
CASO DE POLICIA CONTRA PREFEITO
'Inteligência da polícia trabalha para elucidar atentado contra prefeito', garante governador
AÇÕES DO GOVENO DO MS
Onevan congratula Reinaldo por enviar Caravana da Saúde Indígena ao Sul de MS
DO GABINETE DO DEPUTADO
Vereadores de Alcinópolis apresentam reivindicações a Onevan de Matos
AÇÕES EDUARDO ROCHA
Em inauguração da nova maternidade do HNSA de TL, Eduardo Rocha enfatiza importância da instituição
CARAAPÓ - ACIDENTE COM VÍTIMA
Homem morre em acidente que teria provocado com caminhão em Caarapó
PREFEITO DE CIDADE DO MS
Prefeito de cidade do MS sofre atentado a tiros na fronteira com Paraguai
CORUMBÁ - REDUÇÃO DO ICMS
Redução do ICMS por Reinaldo Azambuja pode frear custo do transporte coletivo em Corumbá