Menu
SADER_FULL
domingo, 27 de maio de 2018
PASSARELA
Busca
ITALÍNEA
TELECOMUNICAÇÕES

Empresas de telefonia podem ser obrigadas a informar qualidade de sinal em MS

17 Nov 2016 - 14h33Por Dourados News

Empresas que atuam no serviço móvel de telefonia e/ou internet em Mato Grosso do Sul, e que representam as operadoras, poderão ser obrigadas a disponibilizar aos consumidores informações relacionadas à área de cobertura e à qualidade dos serviços prestados. É o que prevê o projeto de lei apresentado durante a sessão plenária desta quinta-feira (17/11).

Segundo o autor do projeto, deputado Marcio Fernandes (PSDB), o serviço de telecomunicações é campeão em reclamações em todo o Brasil e o fornecedor/prestador de serviços deve garantir aos consumidores dados precisos, para que possam escolher a operadora adequada.

Em Dourados, por exemplo, usuários da telefônica Vivo passam constantes apuros devido a ausência ou problemas com o sinal. Recentemente, conforme mostrado pelo Dourados News várias pessoas se dirigiram até o Procon para reclamar da operadora, relembre aqui.

A proposta

A proposta estabelece que o sinal será classificado, com relação à qualidade, como: I – nenhum (sinal); II – ruim; III – bom; IV – excelente. As informações sobre a área de cobertura e a qualidade do sinal da operadora no Estado deverão constar em um painel de, no mínimo, um metro quadrado, a ser fixado em local visível nos estabelecimentos. As empresas terão prazo de 180 dias para se adequar à lei, a partir da publicação no Diário Oficial do Estado.

O descumprimento da legislação acarretará aos responsáveis legais penalidades, como: advertência; multa de 1 mil Uferms (Unidade Fiscal Estadual de Referência de Mato Grosso do Sul) por infração, dobrada a cada reincidência até a terceira, a qual será reajustada, anualmente, com base na variação do Índice Geral de Preço de Mercado (IGPM/FGC); e suspensão do alvará de funcionamento a partir da terceira reincidência, até a devida regularização. Os recursos provenientes das multas poderão ser destinados ao Fundo Estadual de Orientação e Defesa do Consumidor para investimentos em campanhas de informação sobre os direitos do consumidor. O projeto de lei segue para apreciação da Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJR).

Deixe seu Comentário

Leia Também

GREVE DOS CAMINHONEIROS
Reinaldo anuncia redução na pauta fiscal do diesel a partir de 1º de junho
AÇÕES DO GOVENO DO MS
Governo do Estada leva mais de R$ 11 milhões de obras para três municípios de MS
Dourados
Indígenas iniciam manifesto em rodovia entre Dourados e Itaporã em apoio aos caminhoneiros
AGORA - DECISÃO DO PRESIDENTE
#AGORA: Temer aciona Exército 'forças federais' para desbloquear estradas
CAMINHONEIROS MANTÉM BLOQUEIOS
Mesmo após acordo, caminhoneiros se mobilizam pelo 5º dia em vários estados
GREVE DOS CAMINHONEIROS
'Governo Federal está jogando para os estados problema da greve dos caminhoneiros', diz Reinaldo
AÇÕES DEPUTADO EDUARDO ROCHA
Eduardo Rocha apresenta Moção de Congratulação à promotor de Justiça de Três Lagoas
GOVERNO INVESTINDO EM ASFALTO
Governo assina contrato de R$ 4,4 milhões para pavimentação de ruas de Jardim
PROJETO BARBOSINHA
Festa do pé de soja solteiro de Laguna Carapã pode entrar para Calendário Cultural oficial do Estado
AÇÕES DO DEPUTADO ONEVAN
Idealizado e inaugurado por Onevan, deputado participa de atividades da Guarda Mirim de Naviraí