Menu
SADER_FULL
sábado, 23 de fevereiro de 2019
LIMIT ACADEMIA
Busca
CONTAINER
DOURADOS - CRIME

'Matei gostosinho’, diz adolescente que assumiu esfaquear vítima em Dourados

'Matei gostosinho’, diz adolescente que assumiu esfaquear vítima em Dourados

30 Nov 2018 - 15h48Por André Bento e Sidnei Bronka / 94FM

As quatro pessoas detidas por envolvimento no assassinato de Weslley Gonçalves, de 24 anos, encontrado morto em Dourados na manhã de quarta-feira (28), afirmam que o crime foi motivado por ciúmes. Autor confesso das 25 facadas, adolescente de 16 anos mantinha relacionamento amoroso com uma jovem da mesma idade que teve breve envolvimento com a vítima dias antes. Na delegacia, afirmou: “matei gostosinho”. 

 

O caso foi desvendado pelo SIG (Setor de Investigações Gerais) da Polícia Civil nesta sexta-feira (30), quando foram apresentados Weslei Ramires Braga, de 18 anos, e um adolescente de 17 anos, ambos moradores do Canaã I, uma jovem de 16 anos residente no Jardim Guanabara, e outro adolescente, de 16 anos, que mora no Maracanã. 

 

Conforme já revelado pela 94FM, a vítima foi localizada no meio de um matagal na Rua Natal, região da Vila Ubiratã, em Dourados. Uma pessoa que passava pelo local viu o corpo e acionou a polícia. Peritos afirmaram que, aparentemente, o homem foi assassinado em outro lugar na noite anterior, com 25 facadas, e depois, jogado na Rua Natal. O corpo só foi identificado horas depois, pela ex-cunhada da vítima.

 

Weslley Gonçalves foi encontrado morto em uma rua de Dourados na quarta-feira (Foto: Reprodução)Weslley Gonçalves foi encontrado morto em uma rua de Dourados na quarta-feira (Foto: Reprodução)

 

 

 

BEIJO

Detidos hoje pela Polícia Civil, os envolvidos no crime informaram que há poucos dias a vítima conheceu a adolescente, começaram a tomar tereré e numa determina ocasião se beijaram. Embora ela alegue que estava separada do adolescente de 16 anos morador no Jardim Maracanã, ele negou, afirmou ter sido traído e orientou ela a ajuda-lo a matar Weslley Gonçalves. 

 

A adolescente marcou encontro com a vítima e com o carro dele, foram para um local ainda não identificado, onde o menor de 16 anos, o de 17 anos e Weslei Ramires estavam. Weslley Gonçalves foi rendido e espancado. Dois o seguraram enquanto um terceiro desferiu as facadas.

 

ESFAQUEOU

Esse adolescente de 16 anos, residente no Jardim Maracanã, disse que quando deu a primeira facada a vítima começou a se debater, por isso resolveu desferir os outros golpes. “Matei gostosinho”, afirmou na delegacia, na frente dos jornalistas que acompanharam a apresentação dos envolvidos.

 

O grupo jogou o corpo de Weslley Gonçalves onde foi localizado e fugiram com o carro da vítima para o Paraguai. A Polícia apurou que o menor negociou o carro com receptador que iria pagar ontem no final da tarde. Contudo, o comprador descobriu que o veículo era fruto de latrocínio e não pagou. Os jovens ficaram na casa de um conhecido na fronteira esperando pelo dinheiro para voltar a Dourados. Contudo, o retorno aconteceu numa viatura da Polícia Civil.

Deixe seu Comentário

Leia Também

DOE 5 ML DE AMOR
Trote do Bem aumenta o número de doadores voluntários de medula óssea
IRRESPONSABILIDADE
Adolescente abandona recém-nascida embaixo de tanque em Dourados
VIVER PERIGOSAMENTE
Túnel no Parque das Nações apresenta rachaduras em põe Douradenses em alerta
LATA DE SARDINHA
Universitários sofrem com ônibus lotados para chegar até Universidades de Dourados
DOURADOS - CIFRA NEGRA
Justiça autoriza desocupação do gabinete de Idenor e viagem de Longhi em Dourados
ACIDENTE FATAL
Motociclista atropela, mata criança de 1 ano em Dourados e foge do local
DOURADOS - VÍDEO DE ACIDENTE
VÍDEO mostra colisão frontal entre motos que matou dois em Dourados
TRAFICANTE
Jovem morre após troca de tiros com a polícia em Dourados
ACIDENTE FATAL
Dois morrem em colisão frontal em Dourados
CRIME
Acusado de mandar matar patrão vai à PED após tentar suicídio na delegacia