Menu
SADER_FULL
quarta, 20 de março de 2019
prefeitura VICENTINA Março 2019
Busca
ITALÍNEA
DOURADOS - GAECO - OPERAÇÃO

Polícia e Ministério Público prende vereadores Idenor, Pedro Pepa e Cirilo Ramão em Dourados

5 Dez 2018 - 16h27Por DIÁRIO MS

O Grupo de Atuação Especializado e Combate ao Crime Organizado (Gaeco), liderado pelo promotor Ricardo Rotunno, da 16ª Promotoria de Defesa do Patrimônio Público, acaba de prender os vereadores Idenor Machado (PSDB), Cirilo Ramão (MDB) e Pedro Pepa (DEM) durante operação na Câmara Municipal de Dourados.

O servidor Amilton Salinas, que trabalha na Câmara de Vereadores também foi preso. Mandados de busca e apreensão estão sendo cumpridos neste momento na Casa de Leis.

A reportagem do Diário MS apurou que os presos são investigados num suposto de esquema de corrupção envolvendo o setor de Tecnologia da Informação da Câmara de Vereadores de Dourados. A estratégia do grupo era aditivar e prorrogar contratos em troca de propina. Os três foram presos porque teriam iniciado o esquema na gestão passada e continuaram operando nesta gestão.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CRIATIVIDADE
Douradense constrói Ninja de papelão e viraliza na internet
DOURADOS - ACIDENTE NO CENTRO
Colisão termina com mulher presa nas ferragens e semáforo no chão em Dourados
TRANSITO QUE MATA
Professora de Educação Física morre após colidir carro contra poste em Dourados
REFINARIA DE DROGA
Douradense morre em confronto com a polícia durante ‘batida’ em refinaria de droga em SP
FORA DO HABITAT
Populares encontram jiboia de 1,5 metro próximo ao Douradão
DOURADOS
Mãe faz rifa para viajar com filho de 5 anos a Curitiba e realizar cirurgia para corrigir coluna
ALERTA AOS MOTORISTAS
VÍDEO: Alagamento 'fecha' MS-156 entre Dourados e Itaporã
DOURADOS - ACIDENTE FATAL
Homem morre ao ser atingido por armadilha para proteger porcos em distrito de Dourados
DOURADOS - SURTO DE DENGUE
Dengue avança em Dourados e cidade já se encontra em alerta pela doença em Dourados
OPORTUNIDADE DE EMPREGO
Sesc abre seleção em várias unidades com salário de até R$ 3,4 mil