Menu
SADER_FULL
segunda, 25 de junho de 2018
PASSARELA
Busca
ITALÍNEA
NA CAPITAL DO ESTADO

Olarte é condenado a 8 anos de prisão por corrupção e lavagem de dinheiro

Olarte é condenado a 8 anos de prisão por corrupção e lavagem de dinheiro

24 Mai 2017 - 10h38Por MIDIA MAX

Ex-prefeito de Campo Grande, Gilmar Olarte foi condenado pela Seção Especial Criminal do TJMS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul) nesta quarta-feira (24) a 8 anos e quatro meses de prisão em regime fechado por corrupção e lavagem de dinheiro.

Além da prisão, Olarte deverá pagar uma multa de pouco mais de R$ 3 mil. Além do ex-prefeito, Ronan Edson Feitosa de Lima, que foi assessor especial, foi condenado a quatro anos e seis meses de prisão. Desses, sete meses serão descontados porque ele já estava preso.

Ronan é acusado de ter intermediado a troca de cheques por promessas de vantagens na Prefeitura. Luiz Márcio dos Santos Feliciano, que também teria ajudado o pastor nas negociações com as vítimas, foi condenado a um ano de reclusão e três dias multa, pena substituída por tratamento ambulatorial por período mínimo de dois anos.

O ex-prefeito é acusado de pegar folhas de cheque emprestadas de fiéis da igreja Nova Aliança e trocar por dinheiro com agiotas, com promessa de benefícios caso se tornasse o prefeito de Campo Grande.

Os recursos teriam sido arrecadados para quitar dívida da campanha eleitoral de 2012, quando o pastor se candidatou a vice-prefeito na chapa de Alcides Bernal (PP).

Segundo investigações do MPE-MS (Ministério Público Estadual de Mato Grosso do Sul), que começou a investigar a teoria de que Olarte teria aplicado um golpe para derrubar Bernal, Olarte também teria prometido nomeações na Prefeitura.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Campo Grande
PM estoura central de distribuição de cigarros contrabandeados no Jóquei Clube
Campo Grande
Bandidos forasteiros são presos tentando furtar R$ 2 milhões de cofre de banco na Capital
Capital - OUSADIA
Idosa de 63 anos é amarrada enquanto bandidos "limpam" residência
ACERTO DE CONTAS
Grupo é preso em flagrante após amarrar, ameaçar com arma e fazer 'julgamento' com homem
BICHO PARLAMENTAR
Gambá movimenta Câmara ao invadir gabinete de vereador
Campo Grande
Homem de 33 anos morre ao sofrer queda de moto na Capital
ALTA VELOCIDADE
Casal morre e homem fica ferido em acidente com carro na contramão
Mato Grosso do Sul
Governo vai recorrer de suspensão de concurso da PM e Bombeiros
SUSPEITA DE HOMICIDIO
Assassinos fogem após tocar fogo no veículo
MANIACO SEXUAL
"Tarado da Shineray" é preso com corda, camisinha e faca