Menu
SADER_FULL
sexta, 20 de julho de 2018
PASSARELA
Busca
DR. SHAPE
Iniciativa Propria

Menina de 8 anos decide cortar cabelo para ajudar quem tem câncer

Mãe de Anielle disse que ficou surpresa com a decisão

16 Set 2017 - 10h26Por Correio do Estado

Anielle Assis Oliveira tem apenas 8 anos, mas surpreendeu familiares e amigos com uma decisão de gente grande. Ela decidiu cortar e vender seus cabelos para ajudar uma pessoa na luta contra o câncer. A mãe, Rosimeire Evangelista, técnica de enfermagem, conta que ficou surpresa com a decisão da filha. "Não esperava".

A menina está no segundo ano do ensino fundamental e realiza diversas atividades como ballet, danças e oficinas de recreação na unidade do Programa Rede Solidária, no Jardim Noroeste, em Campo Grande.

Para a mãe, todo esse envolvimento com atividades positivas pode ter influenciado a decisão da filha. "Sempre busco ensinar coisas boas para ela e fico muito feliz quando percebo que desde pequena está aprendendo a ajudar o próximo", acrescenta.

A ideia da venda do cabelo foi revelada em casa, em conversas corriqueiras. "Um dia estávamos no Centro da cidade, em um salão, quando o dono comentou da beleza do cabelo da Anielle e expliquei que iria vender porque ela queria ajudar uma pessoa doente. Na hora o rapaz topou em comprar, pois disse que era um cabelo muito bonito. Ele disse ainda que se leiloássemos poderíamos conseguir ainda mais, mas o importante era a ajuda que iria resultar em remédios e precisava ser rápido", explica Rosimeire.

Deixe seu Comentário

Leia Também

PREMIO MS
Inscrições para o prêmio de Gestão Pública terminam dia 30 de julho
LAMA ASFALTICA
Alvo de operação da PF, Puccinelli volta a ser preso com filho e dois advogados
Campo Grande
Idosa morre depois de atropelamento e motociclista sem CNH acaba agredido
PCC
Facção tem "casa de apoio" para presos em MS
ASSALTO FRUSTRADO
Douradense é preso acusado de ser mandante de tentativa de roubo de avião
Campo Grande
Jovem de 25 anos é morto com tiro no abdômen por ocupante de caminhonete
Campo Grande
Tratado como mendigo no mercado por causa da roupa de trabalho, ele descobriu o preconceito
PCC - Justiça condena membro do PCC
Acusado de integrar PCC e matar jovem é condenado a 22 anos de prisão
SUPER IDOSA
Idosa ameaça incendiar filha e corpo de bombeiros é acionado
MS - Vitimas da Gripe
Estado registra 23 mortes por gripe este ano