Menu
SADER_FULL
terça, 25 de fevereiro de 2020
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
AÇÕES DO GOVERNO DO MS

Governo do Estado vai reformar estádio Morenão e garante reabertura em janeiro

Governo do Estado vai reformar estádio Morenão e garante reabertura em janeiro

6 Nov 2019 - 18h41Por Sílvio de Andrade - SubCom

Parceria entre o Governo do Estado e a Universidade Federal de MS (UFMS), com a conveniência do Ministério Público Estadual (MPE), garantirá a liberação do Estádio Pedro Pedrossian (Morenão) para o Campeonato Estadual para 2020. As obras de adequação do estádio, em conformidade com o Estatuto do Torcedor, serão executadas em caráter emergencial com previsão de conclusão para janeiro do próximo.

Foi o que anunciou o secretário especial do Governo do Estado, Carlos Alberto Assis, ao receber na tarde desta terça-feira o projeto executivo da revitalização do Morenão, concluído dentro do prazo pela UFMS, com o apoio técnico da Agesul (Agência Estadual de Gestão de Planejamento). O projeto estabelece um cronograma de prioridades e etapas e a primeira intervenção a ser executada objetiva cumprir as exigências do Ministério Público.

Acessibilidade; entrada principal do estádio, inaugurado em março de 1971, terá elevador

“O Morenão deixará de ser apenas do futebol, será uma grande arena de eventos”, disse o secretário. “Vamos sediar aqui grandes jogos do Campeonato Brasileiro e também do nosso futebol, revivendo o Comerário e reacendendo a rivalidade entre os principais clubes de Campo Grande”, acrescentou. Carlos Alberto disse que o Estado, por determinação do governador Reinaldo Azambuja, disponibilizará R$ 4 milhões para a reforma do estádio.

Nova estrutura inclui elevador

O projeto de revitalização, elaborado pela UFMS, inclui obras de infraestrutura, como acessibilidade, novos banheiros, cobertura do fosso ao redor do campo e construção de um elevador na parte externa, na entrada principal do estádio, com acesso às cobertas (setor de cadeiras e arquibancadas). Também inclui reforma na parte elétrica e no sistema de prevenção a incêndios e construção de uma plataforma para cadeirantes no espaço atual do fosso.

Assis anunciou que o Estado usará espaços do estádio, que também abrigará as escolas de samba

“A prioridade do projeto é a parte estruturante, ficando para uma segunda etapa a parte do gramado, placar eletrônico e a instalação de cadeiras em toda a arquibancada”, adiantou o diretor-presidente da Fundação de Desporto e Lazer (Fundesporte), Marcelo Miranda. Ele explicou que a liberação do estádio depende de obras emergenciais nos setores de segurança, hidráulica, elétrica e acessibilidade. Banheiros químicos serão instalados para o Estadual.

Durante a solenidade de entrega do projeto executivo pela UFMS ao Governo do Estado, o secretário Carlos Alberto Assis destacou a parceria da instituição do ensino na revitalização do Morenão, um patrimônio do Estado e do futebol, e o interesse do MPE em buscar uma solução definitiva para a reabertura do estádio. “Com o empenho dos atores e a participação fundamental do Ministério Público com certeza alcançaremos esse objetivo”, frisou.

“Vamos transformar o Morenão em um grande templo de eventos”, disse Carlos Alberto Assis

Recursos garantidos, via Procon

Para o reitor da UFMS, Marcelo Turine, o resgate do Morenão, com a disponibilidade de recursos do Estado, contempla não apenas o futebol, mas, sobretudo, preserva um patrimônio federal. “Estou muito feliz por essa parceria, enquanto UFMS. Hoje não temos orçamento para reformar e manter o estádio e sua reabertura se somará a revitalização que estamos fazendo no seu entorno, onde o objetivo é instalar serviços públicos e dar vida àquele lugar”, disse.

Os recursos previstos para a execução da reforma serão disponibilizados pelo Estado via Fundo Estadual de Defesa do Consumidor, vinculado ao Procon (Superintendência para Orientação e Defesa do Consumidor de MS). O superintendente do órgão fiscalizador, Rodrigo Bezerra Vaz, informou que tão logo a Agesul, que licitará a obra, tenha uma previsão orçamentária, o conselho do fundo se reunirá para deliberar sobre a liberação dos recursos.

Presentes ao ato, realizado na rampa inferior do estádio, o comandante-geral do Corpo de Bombeiros, coronel Joílson Alves; representantes da Polícia Militar, Agesul, Procon e Ministério Público e dirigentes do futebol profissional. Na sequência, o secretário Carlos Alberto Assis se reuniu com os clubes para anunciar as medidas para reabrir o Morenão, cujas instalações passarão a abrigar órgãos estaduais e as escolas de samba da Capital.

Deixe seu Comentário

Leia Também

AÇÃO POLICIAL
Polícia Civil prende suspeita de realizar golpes pela OLX em MS
IRRESPONSABILIDADE
“Acostumada” nessa rotina, mãe deixa filha de 6 cuidando irmãos de 4 e 2 anos em MS
ACIDENTE DE TRANSITO
Tristeza e comoção: amigos se despedem de jovem morto em acidente na Júlio de Castilho
ALCOOL X DROGAS
Cerca de 35 crianças e jovens passaram mal por abuso de álcool e drogas no carnaval
VIOLENCIA DOMESTICA
Mesmo na luta contra o crime, policiais também são vítimas de violência doméstica
TENTATIVA DE HOMICIDIO
Homem é levado pra Santa Casa após ter punhal cravado nas costas em conveniência em MS
OUSADOS - POLÍCIA
Bandidos invadem condomínio, furtam cofre e deixam prejuízo R$ 500 mil
RELIGIÃO
Um dos pilares da ressocialização, a religião promove ambiente de fé em presídios do MS
REVOLTANTE
Brincadeira que virou pesadelo: criança é espancada ao brincar de esconde-esconde
OPERAÇÃO CARNAVAL
evite voltar para casa a pé; DOF dá dicas de segurança