Menu
SADER_FULL
sexta, 25 de maio de 2018
PASSARELA
Busca
ITALÍNEA
GASOLINA MAIS BARATA

Gasolina fica mais barata e litro pode ser encontrado a R$ 3,25 na Capital

Gasolina fica mais barata e litro pode ser encontrado a R$ 3,25 na Capital

11 Jun 2017 - 18h00Por CAMPO GRANDE NEWS

A combinação entre queda do valor da gasolina nas refinarias, retração do consumo e concorrência refletiu, de modo significativo, nos preços do combustível nos postos da Capital. O consumidor pode encontrar o produto por menos de R$ 3,30 em diversos estabelecimentos. O custo mínimo verificado pelo Campo Grande News foi de R$ 3,259.

Comparado com o menor valor informado pela ANP (Agência Nacional de Petróleo) há uma semana, o preço mínimo atual apresenta redução de 4,03% – entre os dias 28 de maio e 03 deste mês, a ANP verificou que o custo mínimo era R$ 3,396.

Em números absolutos, são R$ 0,13 a menos por litro do combustível. Para encher um tanque de carro de 50 litros, a economia é de R$ 6,5.

Na Capital, diversos postos estão praticando o preço de R$ 3,29. Mas é possível, com alguma pesquisa, verificar valores ainda menores. Segundo apurado pelo Campo Grande News, a gasolina é vendida por R$ 3,259 em posto da Rua Marechal Rondon, próximo à avenida Ernesto Geisel.

O combustível também está mais em conta em posto do Coophavila I, na rotatória onde tem início a avenida Tiradentes. No local, a gasolina custa R$ 3,269.

Fatores – A redução do preço da gasolina se relaciona a fatores diversos. O mais recente corresponde à redução de 5,4% do preço do combustível nas refinarias, conforme comunidado da Petrobras no dia 25 do mês passado.

Além disso, de acordo com o setor varejista de combustíveis, a redução do preço da gasolina também se relaciona à concorrência entre os postos. Desde o fim do mês passado, os estabelecimentos começaram a diminuir seus valores, causando efeito cascata de barateamento da gasolina no mercado da Capital.

Outro fator é o esfriamento do consumo. “As pessoas estão abastecendo bem menos”, observou o frentista de um posto. No geral, em todo o País, foram consumidos 1,159 bilhão de litros de combustíveis a menos na comparação entre os quatro primeiros meses deste ano (42,947bilhões de litros) e mesmo período do ano passado (44,107 bilhões de litros), de acordo com a ANP.
Paridade

Gasolina e etanol – O comportamento dos preços pode estimular o consumidor a migrar para a gasolina. O etanol é economicamente viável quando seu preço corresponde a menos de 70% do valor da gasolina.

No entanto, conforme o levantamento da ANP da semana passada, o custo médio do etanol (R$ 2,964) corresponde a 86,31% do valor médio da gasolina (R$ 3,434) em Campo Grande.

Deixe seu Comentário

Leia Também

GREVE CONTINUAM
Caminhoneiros desmentem acordo com Governo e mantêm paralisação na Capital
TRAGÉDIA EM CAMPO GRANDE
Lúdio Coelho é palco de tragédias e menino de dez anos é a mais recente vítima em Campo Grande
PROTESTO DOS CAMINHONEIROS
Protesto de caminhoneiros contra preço do diesel tem bloqueios em 10 cidades de MS
DESAPARECIDO
Menino de 11 anos vai ao judô e desaparece ao voltar para casa
Campo Grande
Homem é encontrado morto com facada no peito na Capital
LUZ DA INFANCIA
Ação contra pornografia infantil em todo o país tem 9 mandados de busca para MS
PARCERIA GOVERNO DO MS
Com apoio do Governo, prefeitura lança programa para revitalizar região central de Campo Grande
Capital
Mãe denuncia zelador que estuprou criança de 7 anos em sede de projeto social
Campo Grande
Jovem é morto com dois tiros e motivo do crime é desconhecido
Campo Grande
Mulher é encontrada decapitada com os braços amarrados para trás