Menu
SADER_FULL
quinta, 17 de outubro de 2019
CÂMARA FÁTIMA DO SUL OUTUBRO 2019
Busca
UNIGRAN NET
CAMPO GRANDE - SONHO REALIZADO

Com ajuda do Governo de MS, 240 famílias realizam sonho da casa própria em Campo Grande

Com ajuda do Governo de MS, 240 famílias realizam sonho da casa própria em Campo Grande

17 Jun 2019 - 18h37Por Airton Raes – (Subcom)

Cumprindo o objetivo de reduzir o déficit habitacional, o Governo do Estado entregou 240 apartamentos nesta segunda-feira (17.6) em Campo Grande. O secretário especial chefe de gabinete do governador Reinaldo Azambuja, Carlos Alberto Assis, destacou que a iniciativa do Governo do Estado em facilitar o acesso à moradia é de grande valia. “Não é todo mundo que tem condições de comprar seu imóvel e pensando nessas pessoas esse programa veio como uma oportunidade de realização de um sonho”, pontuou.

Localizado no Jardim Centenário, o Condomínio Residencial Itajobi – Módulo I e II, é considerado modelo e foi construído com objetivo não só de oferecer um lar, mas também tranquilidade e segurança para os moradores.

O empreendimento é da Faixa 1,5 do Programa Minha Casa Minha Vida. Dos 240 apartamentos, 166 receberam subsídio entre R$ 1,5 mil e R$ 6 mil do governo do Estado para a financiamento do imóvel. Só para este empreendimento o valor total do subsídio do Estado foi de R$ 840 mil.

A diretora-presidente da Agência de Habitação Popular de Mato Grosso do Sul (Agehab), Maria do Carmo Avesani Lopez, destacou que a Agehab está cumprindo a sua missão ao construir moradias para que famílias possa ter um lar. “O sucesso do programa habitacional está na união entre a iniciativa privada, Governo do Estado, Governo Federal prefeitura e a população, cada um fazendo a sua parte”, disse.

Cada apartamento tem 42 metros quadrados com dois quartos, sala, cozinha e banheiro. Sua área externa comporta área verde, lixeiras para o condicionamento do lixo orgânico e reciclável, para raios em cada bloco, cerca elétrica, playground infantil e Lagoa de contenção para a água da chuva.

Gravida de sete meses, Adriana do Carmo Oliveira vai morar em um dos apartamentos com o seu marido Bruno Giovani Pimentel Nunes e seus dois filhos. “A iniciativa do governo foi muito boa para nós que não tínhamos condições de dar entrada para o financiamento. O residencial é muito bonito. Meus filhos vão se divertir muito no parquinho”, completou Adriana.

Para o cálculo do subsídio do Estado, o agente financeiro aplica primeiramente o subsídio concedido pelo governo federal e o FGTS do proponente quando houve, para então calcular o subsídio necessário para o complemento.

Deixe seu Comentário

Leia Também

VIDEO
Ciclistas organizam protesto em posto onde 2 foram expulsos durante chuva na capital
GOVERNO PRESENTE
Reinaldo Azambuja se reúne com Marquinhos Trad nesta quinta-feira
CONCURSO PÚBLICO
Concurso da UEMS: Inscrições vão até 25 de outubro
FESTIVAL
Com Zezé Di Camargo, Governo do Estado lança Festival América do Sul Pantanal nesta quarta
DESCARGA ELÉTRICA
Em MS, Ao encostar em fio de alta tensão, empresário sofre descarga de cerca de 7.900 watts
DESCARGA ELÉTRICA
Ao encostar em fio de alta tensão, empresário sofre acidente
IRRESPONSABILIDADE
Motorista bêbado atropela e mata adolescente de 15 anos
ACIDENTE FATAL
Professora é atropelada por moto e morre em Campo Grande
OPORTUNIDADE DE EMPREGO
Fundações de Trabalho oferecem 1120 vagas para todo Estado
CUMULO DA ESPERA
Com 12 mil na fila, pacientes morrem a espera de consulta