Menu
LIMIT ACADEMIA
domingo, 17 de fevereiro de 2019
SADER_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Zeca vai recuperar direitos perdidos por policias e bombeiros

31 Ago 2010 - 14h37Por Fátima News com assessoria

O candidato ao governo de Mato Grosso do Sul, Zeca do PT, reuniu-se com policiais e bombeiros militares na Associação Beneficente dos Subtenentes e Sargentos Policiais e Bombeiros Militares, na noite desta segunda-feira (30). Em seu discurso para mais de 800 pessoas, Zeca afirmou que vai derrotar seu principal adversário pelas atitudes que ele tem tido, como a falta de diálogo com os servidores e porque o povo quer mudanças na administração estadual. Ele afirmou que já sabe o desespero que tem tomado conta “do outro lado” nos últimos dias.

 

“Em janeiro, se eu for eleito, vou me reunir com os cabos e soldados, sargentos e subtenentes, oficiais e os policiais civis para discutir esses direitos que foram retirados de forma infame de vocês’, se comprometeu Zeca do PT.

 

Com discurso de mais capacitação para os militares e também investimentos em equipamentos, Zeca pediu ajudas aos presentes.

 

“Não adianta dizer, eu comprei 800 viaturas se não tem combustível, elas não funcionam com água. Nós vamos voltar a discutir todas essas situações, já fizemos isso. Não tem mistério, mas precisamos ganhar essa eleição”.

 

Zeca lembrou também da importância de se ter uma bancada forte na assembleia legislativa para pode aprovar as reformas no estatuto dos servidores militares estaduais de forma mais rápida e tranqüila. O candidato petista terminou seu discurso aplaudido de pé pelos presentes.

 

O presidente da associação, Thiago Monaco Marques, explicou que todos os candidatos das três coligações foram convidados a expor suas propostas, porém somente a coligação “A Força do Povo” demonstrou interesse em se reunir com militares.

 

O candidato a deputado federal, Coronel Azamor (PSDC), que já presidente por muitos anos da associação, comentou da luta dos policiais e bombeiros militares do Estado, que no último governo perdeu benefícios e está com a sua previdência ameaçada.

 

“O artigo 127, está todo rabiscado, acabaram com nossos direitos, por favor Zeca não ameace nossa previdência e nos ajude a recuperar nossos direitos perdidos, cada vez mais pagamos mais a Cassems e ainda temos situações de policiais que tem escala 24 por 24 horas”, lamentou Azamor.

 

Cabos e Soldados

 

No início do mês, Zeca se reuniu com representantes da Associação de Cabos e Soldados Policias de Bombeiros Militares para receber as reivindicações da categoria que pediram atenção na reforma da lei estadual 127, de maio de 2008, que dispõem sobre os pagamentos de subsídios entre as categorias dos cabos e soldados, além do adicional de periculosidade e horas extras (Serviços Extraordinário) e manutenção das normas para aposentadoria.

 

Gerson Claro

 

Na agenda posterior realizada no final da noite de ontem, Zeca expôs suas propostas para os militantes  do PDT, na reunião organizada pedetista e candidato a deputado estadual Gerson Claro.

 

Ao chegar Zeca pediu desculpas pelo atraso devido ao prolongamento da reunião com os policiais e bombeiros militares e pontuou suas cinco principais linhas de trabalho na sua próxima gestão: desoneração de impostos para geração de empregos, qualidade nos serviços públicos, infraestrutura, mais dignidade para os sul-mato-grossenses e por último mais democracia por meio de um governo participativo.

 

Zeca finalizou seu discurso convocando os presentes para dar a cara a tapa, vestir a camisa e ajudar ele a retomar o projeto de governo humanista que possa realmente desenvolver o Estado de Mato Grosso do Sul na área economia e social.

 

“Não precisamos de militantes, não gosto deste nome, precisamos de militantes para ganhar esta eleição, militantes da vida, de experiências que levem nossas propostas na escola, na igreja ou no final de semana no clube”, convocou Zeca.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

O REI ROBERTO CARLOS
Roberto Carlos vestiu rosa e se mostrou contrário a projeto de Jair Bolsonaro
BRIGA NO PLANALTO
Magoado e traído, Bebianno não vai poupar filho de Bolsonaro
TRÁGICO
Mãe do piloto de Ricardo Boechat morre três dias após o filho
OUTROS 10 ESTADOS
Horário de verão termina à meia-noite; relógios devem ser atrasados em 1h
BARBÁRIE
Rosane Santiago Silveira, torturada e morta em sua própria casa
CARRO DE APLICATIVO
Mulher é estuprada após aceitar água e bala em carro de app
VIOLENCIA DOMESTICA
Enquanto Lírio Parisotto era condenado, Luiza Brunet discutia campanha contra violência doméstica
CANALHA
Criança de 4 anos é estuprada no próprio aniversário
HORARIO DE VERÃO
Atrase seu relógio! Horário de verão termina neste sábado(16)
CARCERE PRIVADO
Mulher é chicoteada com fio elétrico pelo marido