Menu
LIMIT ACADEMIA
terça, 19 de fevereiro de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Zeca: "o gás está ajudando no desenvolvimento do Estado"

31 Jul 2004 - 07h55
O governador Zeca do PT presidiu hoje a reunião do Conselho Estadual de Desenvolvimento Econômico, na Câmara de Vereadores de Naviraí (342 quilômetros ao sul de Campo Grande). Eram esperados cerca de 25 conselheiros no encontro, mas nem todos puderam ir por falta de teto para a saída do avião de Campo Grande.

Zeca abriu o discurso agradecendo a Copasul, "uma empresa bem administrada e que gera muitos empregos". O governador lembrou de sua ida à Foz do Iguaçu, onde, junto com o presidente Lula, fez uma visita à Bolívia com o presidente Carlos Mesa. "Lá foi assinado o projeto de implantação do projeto gás-químico binacional, uma ação muito importante para o Estado" disse Zeca. "É relevante falar sobre isso pois representa a diversificação da base econômica de Mato Grosso do Sul, a previsão de investimento é de R$ 1,3 bilhão. Na assinatura foi acertado um calendário de ações”.Afirmou o governador.

Zeca falou sobre a implantação do em Corumbá do pólo gás-químico "para aproveitar o valor diferenciado do gás, fruto de negociações do Estado, o que vai levar para Corumbá o desenvolvimento de macroprojetos e do desenvolvimento econômico e social" afirmou o governador.

Para o governador o gás boliviano está ajudando no desenvolvimento do Estado. Zeca contou, para exemplificar a afirmação, que recebeu do presidente da Vale do Rio Doce um convite para falar no Rio de Janeiro com o presidente da Vale sobre a implantação do pólo siderúrgico de Corumbá, mostrando que apesar de tantos acharem que não íamos conseguir, o pólo está virando realidade.

Bioceânica- Zeca falou sobre os esforços empenhados pelo governo do Estado na criação da Rota Bioceânica, que ligará Mato Grosso do Sul aos portos do pacífico. "Em Santa Cruz de La Sierra o presidente Lula assinou, junto ao presidente do BNDES, Carlos Lessa, também a disponibilização para o governo Boliviano US$ 600 milhões para Bolívia investir em infra-estrutura, principalmente no asfaltamento de carreteiras, fundamentalmente entre Porto Soares-Santa Cruz”.

Ferrovias - Zeca falou sobre a recuperação da ferrovia Bauru-Corumbá. "Nós devemos anunciar semana que vem um cronograma de ações para trazer o presidente Lula para a inauguração do trecho Campo Grande - Corumbá, para o turismo, em outubro ou novembro. Estamos em 3 frentes de trabalho e vamos reforçar elas, para dar segurança no transporte de carga e reimplantar o Trem do Pantanal, que é muito importante para o Estado”.

Zeca informou que já conversou duas vezes com o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, para resolver o acesso e recuperação da Bauru-Santos e do acesso ao porto de Santos. "Também estamos em conversação com as empresas responsáveis pelas ferrovias na Argentina e Bolívia, para chegar via ferrovia nos portos de Antofagasta e Mejillones, e chegar ao mercado asiático, que tem muito interesse em nossos produtos". Concluiu o governador.

Zeca propôs para os conselheiros, na próxima reunião, debater logística, repensando um novo modelo para o desenvolvimento do Estado.
 
Agência Popular

Deixe seu Comentário

Leia Também

SUPERAÇÃO
Jovem que morou 5 anos nas ruas se forma em Direito
FENÔMENO
Maior superlua de 2019 iluminará o céu nesta terça, 19
FAMOSIDADES
Padre sertanejo acusado de ostentação cobra entrada de idosos para assistir programa
ACIDENTE FATAL
Adolescente é atropelada quando levava pai em cadeira de rodas, veja o vídeo
VIOLENCIA DOMESTICA
'Não consigo reconhecê-la', diz irmão de mulher espancada no 1° encontro
O REI ROBERTO CARLOS
Roberto Carlos vestiu rosa e se mostrou contrário a projeto de Jair Bolsonaro
BRIGA NO PLANALTO
Magoado e traído, Bebianno não vai poupar filho de Bolsonaro
TRÁGICO
Mãe do piloto de Ricardo Boechat morre três dias após o filho
OUTROS 10 ESTADOS
Horário de verão termina à meia-noite; relógios devem ser atrasados em 1h
BARBÁRIE
Rosane Santiago Silveira, torturada e morta em sua própria casa