Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sábado, 20 de abril de 2019
SADER_FULL
Busca
AGÊNCIA BONITO THIAGO
Brasil

Zeca fala sobre possíveis composições políticas para 2006

15 Out 2004 - 15h52
Durante a cerimônia de entrega da sede do Tribunal de Contas do Estado no Parque dos Poderes, o governador Zeca do PT falou sobre as possíveis composições políticas para as próximas eleições e ainda sobre a aproximação entre o PMDB e o PT em nível nacional. “Eu estou contente com esta história de que existe um sentimento cada vez maior dentro do PMDB para fazer um alinhamento nacional [com o PT]. O PMDB é um partido com uma base social forte, com militante e, se a gente puder avançar nas negociações, para nós é bom. Para mim não tem problema algum”, ponderou, acrescentado que está aguardado um “aceno”.

O governador disse que seu partido tem uma chapa e que, neste período até às eleições vai estar discutindo e trabalhando para abrir espaço para o PMDB, porém, dá um aviso: “uma coisa para mim é fundamental, o [senador] Delcídio é meu candidato a governador”.

Zeca foi enfático ao dizer que todas estas possibilidades dependem de uma direção nacional, mais especificamente do presidente Luiz Inácio Lula da Silva. “Estamos aguardando uma ordem do presidente e sua equipe para fazermos uma composição que atenda ao processo de verticalização que, evidentemente, pode acontecer”, afirmou, ponderando que qualquer interesse pessoal não pode se sobre pôr ao nacional.

O governador disse estar muito contente pela aproximação de um importante peemedebista, o ex-governador Pedro Pedrossian, que na manhã de hoje recebeu uma homenagem de Zeca por seu empreendedorismo. “O resto é conseqüência. Não sou um radical. Se fui, pertence ao meu passado. Hoje sou aberto, conciliador, busco o melhor para Mato Grosso do Sul. O resto é picuinha política não vale a pena discutir”.

Conversas – Logo após as eleições municipais Zeca recebeu em seu gabinete lideranças políticas do PP, do PTB, do PL e do PDT a fim de fazerem uma avaliação do pleito e discutirem alianças para 2006. E, mais recentemente esteve com o Pedrossian, na ocasião o tema política esteve em pauta. “Recebi muita orientação de uma figura que sabe muito sobre política”. Quanto a um futuro apoio o ex-governador Zeca disse que seria importante, mas que não vai forçar nada. “É um momento de amizade”.

Outra conversa que alegrou Zeca foi a que o presidente Lula teve com o prefeito eleito de Campo Grande, Nelsinho Trad (PMDB). “Isso tudo vai tranqüilizando o Estado”.
 
 
APn

Deixe seu Comentário

Leia Também

BONITO - MS - DICA AGÊNCIA ECO TOUR
Confira agora os 5 passeios mais românticos de Bonito (MS)
EM ÁUDIO VAZADO
Em áudio, Onyx diz que governo deu 'uma trava na Petrobras', caminhoneiros podem ficar sossegados
EMOÇÃO E RECOMEÇO
Mãe e filho se reencontram em hospital após desabamento de prédios
ACIDENTE FATAL
Três morrem em explosão provocada por vazamento de botijão de gás
NOVA PARALISAÇÃO
Ala dividida de caminhoneiros falam em greve no próximo dia 29 em todo o Brasil
CAMPO BELO RESORT - PARAÍSO É AQUI
Com noite Árabe e Italiana, PACOTE do dia 03 a 05 de maio já disponível para o Campo Belo Resort
NEGLIGÊNCIA FUNCIONAL
Menino de 12 anos foge de casa, burla esquema de segurança e embarca em avião
DEU RUIM
Vítima reage e mata assaltante que tentava roubar camioneta em Toledo – ASSISTA VÍDEO
PAI MONSTRO
Pai é preso suspeito de estuprar e engravidar a filha de 11 anos
15 METROS DE ALTURA
MILAGRE – Menina de um ano que caiu do 4º andar de prédio não sofreu nenhuma fratura