Menu
LIMIT ACADEMIA
terça, 22 de janeiro de 2019
SADER_FULL
Busca
CANTINA BAH
Brasil

Zeca fala sobre possíveis composições políticas para 2006

15 Out 2004 - 15h52
Durante a cerimônia de entrega da sede do Tribunal de Contas do Estado no Parque dos Poderes, o governador Zeca do PT falou sobre as possíveis composições políticas para as próximas eleições e ainda sobre a aproximação entre o PMDB e o PT em nível nacional. “Eu estou contente com esta história de que existe um sentimento cada vez maior dentro do PMDB para fazer um alinhamento nacional [com o PT]. O PMDB é um partido com uma base social forte, com militante e, se a gente puder avançar nas negociações, para nós é bom. Para mim não tem problema algum”, ponderou, acrescentado que está aguardado um “aceno”.

O governador disse que seu partido tem uma chapa e que, neste período até às eleições vai estar discutindo e trabalhando para abrir espaço para o PMDB, porém, dá um aviso: “uma coisa para mim é fundamental, o [senador] Delcídio é meu candidato a governador”.

Zeca foi enfático ao dizer que todas estas possibilidades dependem de uma direção nacional, mais especificamente do presidente Luiz Inácio Lula da Silva. “Estamos aguardando uma ordem do presidente e sua equipe para fazermos uma composição que atenda ao processo de verticalização que, evidentemente, pode acontecer”, afirmou, ponderando que qualquer interesse pessoal não pode se sobre pôr ao nacional.

O governador disse estar muito contente pela aproximação de um importante peemedebista, o ex-governador Pedro Pedrossian, que na manhã de hoje recebeu uma homenagem de Zeca por seu empreendedorismo. “O resto é conseqüência. Não sou um radical. Se fui, pertence ao meu passado. Hoje sou aberto, conciliador, busco o melhor para Mato Grosso do Sul. O resto é picuinha política não vale a pena discutir”.

Conversas – Logo após as eleições municipais Zeca recebeu em seu gabinete lideranças políticas do PP, do PTB, do PL e do PDT a fim de fazerem uma avaliação do pleito e discutirem alianças para 2006. E, mais recentemente esteve com o Pedrossian, na ocasião o tema política esteve em pauta. “Recebi muita orientação de uma figura que sabe muito sobre política”. Quanto a um futuro apoio o ex-governador Zeca disse que seria importante, mas que não vai forçar nada. “É um momento de amizade”.

Outra conversa que alegrou Zeca foi a que o presidente Lula teve com o prefeito eleito de Campo Grande, Nelsinho Trad (PMDB). “Isso tudo vai tranqüilizando o Estado”.
 
 
APn

Deixe seu Comentário

Leia Também

CENAS FORTES
Vídeo flagra mulher sendo agredida por ex-marido com socos e chutes
GUERRA NO RJ II
Parentes de mortos durante chacina em São Gonçalo e Itaboraí dizem que vítimas eram inocentes
GUERRA NO RJ
Chacina deixa pelo menos 7 mortos na Região Metropolitana do Rio
BBB 19
Famosos protestam contra Maycon por agredir animais e mãe o defende: 'Não é um monstro'
MORTE A ESCLARECER
Exército investiga morte de sargento após teste de aptidão física
CASO DE POLÍCIA
Rapaz morre em pátio de motel
MINISTRA DO MS NO GOVERNO BOLSONARO
Ministra Tereza Cristina garante fortalecer cadeia do leite e agricultura familiar
PROBLEMAS MENTAIS
Casal é brutalmente agredido a enxadadas pelo filho
BARRADO
Filho do cantor Marciano diz ter sido impedido de ir no velório do pai
A COBRA VAI FUMAR - SEGURANÇA NO MS
MS fecha o cerco contra a violência na fronteira em mega operação