Menu
SADER_FULL
quarta, 12 de dezembro de 2018
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
CANTINA BAH
Brasil

Zé Teixeira quer eleição para prefeito

30 Out 2010 - 11h34Por Dourados Agora

DOURADOS - "Só a realização de eleições diretas para prefeito pode fazer com que Dourados vire a página da crise", disse o deputado estadual Zé Teixeira (DEM), ontem, ao comentar os efeitos políticos e administrativos após a prisão e afastamento do prefeito Ari Artuzi, vereadores e secretários, indiciados pela Polícia Federal durante a operação Uragano. E, para ele, o vice-governador Murilo Zauith é o nome mais indicado para assumir a responsabilidade de conduzir a cidade.

De acordo com o parlamentar, Dourados precisa deixar para trás as crises e retomar sua vocação para o desenvolvimento e para isso "precisa contar com o comando de uma pessoa preparada, com visão de futuro e experiência política e administrativa, como o Murilo."

O deputado defendeu o empenho da Câmara Municipal na apuração das irregularidades que envolvem o prefeito afastado no contexto das investigações conduzidas pela Polícia Federal nas operações Owari, Brothers e Uragano. "A sociedade espera pelos esclarecimentos, pelo pronunciamento da Justiça, mas também aguarda com ansiedade respostas da classe política que devem ser dadas, o quanto antes, pela Câmara Municipal".

"Uma cidade como Dourados, polo de desenvolvimento regional e referência no setor produtivo do centro-oeste e do Brasil, não pode continuar envolvida nessas questões, deixando de lado o progresso e o desenvolvimento", disse ele ao defender que os vereadores, responsáveis pelo julgamento político da questão tenham a mesma preocupação e procurem dar as respostas no tempo em que a sociedade deseja.

Teixeira lembra que o julgamento da Câmara, envolvendo o resultado das CPIs ou mesmo a apreciação de denúncias são julgamentos políticos, mas legítimos e não podem deixar de ser feitos. "Não queremos uma caça às bruxas, não defendemos perseguições. Mas a cidade exige decisões firmes e claras a respeito desse assunto".

Os processos administrativos ou criminais serão encaminhados à Justiça, que as decisões têm ritos próprios, lembrou o deputado para reafirmar que os vereadores têm responsabilidade política de interpretar o sentimento popular e decidir "sempre com o respaldo da Lei".

CANDIDATO

A resposta que o deputado Zé Teixeira defende é a conclusão dos processos políticos que, se apontarem a cassação do prefeito e do vice, devem resultar na convocação imediata de novas eleições. "Com novas eleições, a vontade popular reconduz Dourados ao seu destino, escolhendo um novo prefeito, um novo comandante do processo de desenvolvimento que não pode parar", finalizou.

O vice-governador Murilo Zautih, na opinião dele, é a melhor alternativa, não apenas pela experiência política, mas também pelo seu caráter e todo o trabalho desenvolvido por Dourados ao lado de sua esposa Cecília e filhos. "Em torno de Murilo podem se reunir as principais lideranças e toda a sociedade numa aliança sem precedentes para a história de nossa cidade", afirmou.

Deixe seu Comentário

Leia Também

DICAS DE MARKETING
5 dicas de marketing para um negócio de dropshipping
CRIME HEDIONDO
Câmera flagra ataque de suspeito de estuprar garota de 14 anos em SP; vídeo
TERROR
Ataque dentro da Catedral deixa ao menos cinco mortos em Campinas
REVIDE
Passageiro atropelado por motorista de aplicativo após vomitar em carro está em coma
A SERVIÇO DE DEUS
Angela Bismarchi festeja diploma para ser pastora: ‘Eu era pecadora e não sabia’
NOVELA GLOBAL
'O sétimo guardião': Luz dá caixa com terra de cova de Gabriel para Valentina
INTOCÁVEL
PF pediu prisão domiciliar de Aécio, Cristiane Brasil e Paulinho da Força, mas PGR e STF não concede
DICA DO DIA
Como obter uma autorização de residência no Brasil
CENTRO ESPÍRITA
Médium é acusado de Abusos Sexuais em crianças
NOVELA GLOBAL
'O sétimo guardião': Nicolau leva surra de chicote no bordel