TASS_MOTORS
FatimaNews - Notícias de Fátima do Sul e região
Fátima do Sul, 18 de Dezembro de 2017
DELPHOS_FULL
23 de Novembro de 2004 13h14

Zagallo recusa convite para dirigir o Flamengo por 4 jogos

Na luta para não ser rebaixado à Série B do Campeonato Brasileiro, o Flamengo tentou a contratação de Zagallo para comandar o time nas quatro últimas rodadas da competição. A notícia veiculada na noite desta segunda-feira foi confirmada pelo próprio coordenador-técnico da seleção brasileira, mas o convite foi recusado.

“Não quero citar nomes. Quem ligou para mim pediu para que fosse mantido sigilo, mas de fato houve um convite e não sei como isso vazou. Seria para trabalhar nestes últimos quatro jogos e depois voltar à seleção, mas não é possível. O Flamengo está dentro do meu coração, mas nunca disse que aceitaria o convite. Não chegamos nem a entrar em detalhes e, além disso, o técnico é o Andrade”, disse.

Preocupado com a repercussão que o assunto começou a ter, Zagallo fez questão de ressaltar seu carinho pelo rubro-negro. Ao citar sua última passagem pela Gávea - em 2001, quando conquistou a Taça Guanabara, o Campeonato Estadual e a Copa dos Campeões - o tetracampeão mundial explicou o porquê de ter dito não ao clube. “Não poderia recusar o convite de um clube que meu deu tantas glórias. Se precisarem da minha ajuda e eu estiver disponível, tudo bem. Mas é uma situação delicada e não quero que entendam isso como menosprezo. Voltar a dirigir o Flamengo seria um prazer, mas também desde que o Andrade não tivesse sido efetivado no cargo”, delcarou.

Zagallo lembrou que o goleiro Júlio César e o preparador físico Moracy Santana tocaram no assunto em Quito, onde o Brasil foi derrotado pelo Equador na última partida pelas Eliminatórias para a Copa do Mundo, semana passada. O assunto chegou até mesmo ao assessor de imprensa da seleção, Rodrigo Paiva. “Realmente houve a brincadeira em Quito, mas não era para chegar a uma proporção com essa. A partir da hora em que toda a imprensa passou a ligar para minha casa, vi que o negócio era sério”, disse Zagallo, confirmando que desde o início houve uma preocupação em abafar a história. “O primeiro a me ligar foi o Rodrigo, dizendo que queriam conversar comigo e para evitar algum mal entendido com a CBF”, disse.

O presidente do Flamengo, Márcio Braga, não negou que Zagallo tenha sido procurado pela diretoria do clube. No entanto, afirmou que a intenção era apenas ter o Velho Lobo como aliado na briga para não cair. “Todos os rubro-negros têm de estar presentes num momento como esse. Conversei com o Zagallo para trazê-lo como um motivador, não para substituir alguém. Se o Zico estivesse aqui, gostaria que fizesse palestras e estivesse ao nosso lado, passando experiência a apoio aos jogadores”, declarou.

O dirigente rubro-negro ainda se mostrou otimista em relação à situação da equipe, que soma 46 pontos e está em 21º lugar, na zona de rebaixamento. “Não é nada desesperadora e realmente não acredito que o time será rebaixado. Na verdade, tenho certeza de que não disputaremos a segunda divisão. O que quero é a ajuda, a força e a união de todos os flamenguistas”, ressaltou.

O técnico Andrade adotou um discurso semelhante em relação ao convite feito a Zagallo, preferindo elogiar o Velho Lobo a entrar em polêmica. “É um grande nome e seria bem-vindo à Gávea. Ter um profissional várias vezes campeão do mundo no grupo só poderia ser positivo”, analisou.

 


Globo Online

Comentários
Veja Também
LÉO_GÁS_300
MBO_SEGURANÇA_300
ÓTICA_DOURADOS
Últimas Notícias
  
pupa
Eventos
dothCom © Copyright FatimaNews - Todos os Direitos Reservados.