Menu
SADER_FULL
sábado, 19 de janeiro de 2019
LIMIT ACADEMIA
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Workshop aborda cultura do algodão no Estado

13 Set 2004 - 09h09
Para discutir a cultura do algodão no Estado, a Embrapa Agropecuária Oeste, a Secretaria de Estado da Produção e do Turismo (Seprotur) e a Fundação de Apoio ao Desenvolvimento do Ensino, Ciência e Tecnologia (Fundect), realizam amanhã, a partir das 7h30, na Embrapa Dourados, um workshop enfocado na “Realidade e Desafios da Cultura do Algodoeiro em Mato Grosso do Sul”.

Embora a cultura do algodão seja relativamente desenvolvida em Mato Grosso do Sul – tecnologicamente o Estado já está bem avançado – alguns pontos ainda precisam ser repensados. Entre eles está uma questão considerada de suma relevância para o setor: a importância da pesquisa para o desenvolvimento da cotonicultura.

“Precisamos potencializar cada uma das instituições parceiras no campo da pesquisa. Inicialmente estamos pensando em uma rede integrada, onde cada parceiro vai priorizar uma demanda, para disponibilizar informações aos produtores”, comenta o coordenador de Agronegócios em Agricultura da Seprotur, Fernando Luiz Nascimento.


Pragas

Conforme Fernando Nascimento, a prioridade para o desenvolvimento da pesquisa está no fato de, impreterivelmente, se encontrar uma solução para as pragas que, em muitas vezes, acabam por causar grandes prejuízos nas lavouras do Estado. “Um exemplo está no ‘Bicudo’. Há 10 anos eram necessárias 17 aplicações de agrotóxicos para combater essa praga. Hoje, já conseguimos uma plantação relativamente boa com 12 aplicações”, acrescenta Nascimento.

Ainda segundo Fernando hoje existem em Mato Grosso do Sul dois tipos de produtores: os médios e grandes e a agricultura familiar. “Mais uma vez a pesquisa é importante. Nesse caso falo de uma pesquisa específica. Por exemplo, para a agricultura familiar é necessária uma informação mais relacionada ao manejo do solo, rotação de cultura”, completa.

Mais informações sobre o workshop pelo telefone (067) 425-5122.


Programação

7h30 – Inscrições
8h00 – Abertura
8h15 – Importância da Pesquisa no Desenvolvimento da Cotonicultura em Mato Grosso do Sul
Apresentação: Chefe-Geral da Embrapa Algodão – Robério Ferreira dos Santos
9h15 – A cultura do Algodoeiro em Mato Grosso do Sul: Situação Atual e Desafios
Apresentação: Presidente da Associação Sul-Mato-Grossense dos Produtores de Algodão (Ampasul)
10h15 – Intervalo
10h30 – Apresentação das Linhas de Pesquisas Desenvolvidas em Mato Grosso do Sul
12h00 – Almoço
14h00 – Elaboração de Propostas de Pesquisa
17h00 – Encerramento
 
Agência Popular

Deixe seu Comentário

Leia Também

ROTEIRO ESPECIAL PARA O RIO DE JANEIRO
Roteiro diferente para continuar conhecendo o Rio de Janeiro
DICA DE TURISMO E FÉRIAS
Dicas para curtir uma temporada em Arraial do Cabo
LUTO - ESPORTE
Morre Jackelyne da Silva, ginasta da seleção brasileira, aos 17 anos
LUTO NA MÚSICA
Cantor sertanejo Marciano morre aos 67 anos, vítima de enfarto
CARNAVAL É NO CAMPO BELO RESORT
Carnaval é no Campo Belo Resort, reserve já seu lugar nesse bloco - Confira os pacotes
MS EM ALERTA
Meteorologia alerta para a possibilidade de chuva forte no fim de semana no MS
DECEPCIONADA
Regina Duarte surpreende e se posiciona contra atitude de Bolsonaro
SATÂNICO
Mulheres são presas acusadas de torturar criança de apenas dois anos que teve rosto desfigurado
INSPIRAÇÃO
Idoso se forma em Direito aos 94 anos, após morte da esposa
POLEMICA
Movimento Gay quer tirar Bíblia de circulação no Brasil, diz Damares