Menu
SADER_FULL
quarta, 19 de junho de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
AGÊNCIA BONITO THIAGO
brasileirão II

Walter faz dois e Goiás interrompe série de vitórias do Grêmio

Walter foi o único atacante do time da casa em campo

4 Set 2013 - 07h31Por Gazeta Esportiva

Coube a Walter encerrar a sequência de cinco vitórias do Grêmio no Campeonato Brasileiro. Com dois gols do centroavante formado pelo maior gremista, o Goiás venceu o Tricolor Gaúcho por 2 a 0 nesta terça-feira, no Serra Dourada, em partida que abriu a 18ª rodada da competição.

Postado em seu esquema propício para os contra-ataques, o Grêmio viu estratégia comprometida logo aos 14 minutos, em gol de Walter oriundo de falha de Dida na saída de bola. A etapa inicial transcorreu em equilíbrio. No segundo, o time gaúcho teve mais posse de bola no campo ofensivo, mas um golaço de Walter definiu a parada a favor da equipe esmeraldina.

O resultado mantém o Grêmio na vice-liderança, com 31 pontos, mas com os jogos de quarta e quinta-feira o time gaúcho pode até sair do G-4. O Goiás, com a vitória, sobe a 26, em 6º lugar. As duas equipes voltam a campo no sábado. O Tricolor recebe a Portuguesa na Arena, enquanto o time goiano visita o Santos, na Vila Belmiro.

O jogo – O técnico Renato Gaúcho decidiu manter a mesma formação tática no Grêmio. Com isso, Riveros, que não atuou por estar com a seleção paraguaia, deu lugar a outro volante: Matheus Biteco. Zé Roberto, cotado para começar o jogo no Serra Dourada, ficou no banco de reservas. O Goiás também teve mudanças: Hugo, com cansaço muscular, deu lugar a Ramon.

Sem Tartá, Walter foi o único atacante do time da casa em campo. E apesar do isolamento, foi dele a primeira boa jogada da partida: aos 11, ele deu chapéu em Bressan após matar no peito e concluiu por cima do gol. Aos 14, ele marcou: Dida saiu jogando errado e deu de presente para o artilheiro, que só teve o trabalho de empurrar para o fundo do gol: 1 a 0.

Animado com o gol, o Goiás quase fez o segundo aos 19: em arrancada pela direita, Ernando cruzou e Renan Oliveira por pouco não completou para o gol. Depois disso, foi o Grêmio que começou a tomar a iniciativa, mas sem conclusões perigosas. Aos 35, uma grande defesa do goleiro goiano: Barcos entrou livre pela direita e chutou forte, cruzado, mas Renan impediu o empate. O time da casa respondeu no minuto seguinte, em cabeçada perigosa de Dudu Cearense.O Grêmio voltou assustando no segundo tempo. Antes do primeiro minuto de jogo, Ramiro cruzou na cabeça de Barcos e Renan salvou com um tapinha para escanteio. O Goiás respondeu aos quatro minutos: Dudu Cearense recebeu com liberdade na entrada da área, ajeitou e chutou, mas a bola bateu na zaga e saiu. Aos nove, a bola desviou na zaga gremista e caiu nos pés de Walter, que chutou de primeira por cima do gol.

O jogo aos poucos foi ficando mais fraco. Aos 12, o Grêmio teve boa chegada com Gabriel pelo lado direito, mas Renan defendeu. A seguir, Walter fez boa jogada e cruzou para a chegada de Renan Oliveira, mas a zaga travou a conclusão. Para dar mais criação ao Grêmio, Renato Gaúcho tirou Matheus Biteco e colocou Zé Roberto, aos 17. O time gaúcho melhorou com a entrada do camisa 10 e passou a ter mais posse de bola na frente. Aos 25, com a entrada de Maxi Rodríguez no lugar de Gabriel, o Tricolor voltou ao esquema 4-4-2.

No entanto, na jogada seguinte, o Goiás definiu a parada: Walter deu um chapéu em Bressan e acertou uma paulada de fora da área, indefensável para Dida: golaço, e 2 a 0 Goiás. Aos 28, foi a vez de outro ex-colorado parar o Grêmio no Serra Dourada: Renan espalmou belo chute de Kleber de fora da área. A seguir, Maxi Rodríguez lançou Zé Roberto, que chutou na rede pelo lado de fora.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ATAQUE CANINO
Criança de dois anos é morta no quintal de casa por cachorro rottweiler
INFANTICIDIO
Padrasto teria sentado em cima da cabeça de bebê que morreu,foi espancado na cadeia
SOB INVESTIGAÇÃO
Jornalista do site Lei Seca Maricá foi assassinado com 3 tiros
VIDA SEDENTARIA
OMS alerta: Criança menor de 3 anos não deve ficar nem um minuto em tablet ou celular
HOMICIDIO X SUICIDIO
Pai que matou o filho de 4 anos e se matou não se conformava com namoro da ex-mulher
DOENÇA DO SÉCULO
Jovem de 19 anos, com depressão comete suicídio e comove amigos
ASSASSINATO CRUEL
O massacre do menino Rhuan e o silêncio da grande mídia
FAMOSIDADES
Homem discute com mulher e mata bebê de quatro meses
SOLIDARIEDADE
Bebê nasce sem os olhos e mobiliza cidade do Paraná
TRAGÉDIA NA FAMILIA
Pai mata filho de quatro anos e se mata por não aceitar fim do relacionamento