Menu
LIMIT ACADEMIA
quarta, 23 de janeiro de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Voto facultativo só para portadores de necessidades graves

30 Set 2004 - 13h44

Apesar do voto ser obrigatório para os portadores de necessidades especiais, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), por meio da Resolução nº 21.920, a partir destas eleições, deixou livre a escolha de votar ou não para aqueles que apresentem deficiências que tornem impossível ou muito oneroso o cumprimento das obrigações eleitorais. Esta medida foi tomado visando o bem-estar deste cidadão. Nessas condições, o portador de necessidades especiais ou o representante legal dele deve fazer um requerimento e enviar ao juiz eleitoral, acompanhado de documentação que comprove a deficiência grave. Se for constatado que ele está mesmo impossibilitado de votar, recebe uma certidão de quitação eleitoral, com prazo de validade indeterminado. Mesmo tendo recebido essa certidão, ele pode, mais tarde, fazer o alistamento eleitoral e voltar a votar, pois não perde o direito de exercer a cidadania. Veja na íntegra essa Resolução.

Deixe seu Comentário

Leia Também

PERSISTÊNCIA
Filho de faxineira e porteiro passa em medicina no Paraná
RENOVAÇÃO LICENÇA
Extinção de mais 130 rádios comunitárias no Brasil deve alcançar emissora de Ponta Porã
CENAS FORTES
Vídeo flagra mulher sendo agredida por ex-marido com socos e chutes
GUERRA NO RJ II
Parentes de mortos durante chacina em São Gonçalo e Itaboraí dizem que vítimas eram inocentes
GUERRA NO RJ
Chacina deixa pelo menos 7 mortos na Região Metropolitana do Rio
BBB 19
Famosos protestam contra Maycon por agredir animais e mãe o defende: 'Não é um monstro'
MORTE A ESCLARECER
Exército investiga morte de sargento após teste de aptidão física
CASO DE POLÍCIA
Rapaz morre em pátio de motel
MINISTRA DO MS NO GOVERNO BOLSONARO
Ministra Tereza Cristina garante fortalecer cadeia do leite e agricultura familiar
PROBLEMAS MENTAIS
Casal é brutalmente agredido a enxadadas pelo filho