Menu
SADER_FULL
sábado, 20 de abril de 2019
LIMIT ACADEMIA
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Voto facultativo só para portadores de necessidades graves

30 Set 2004 - 13h44

Apesar do voto ser obrigatório para os portadores de necessidades especiais, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), por meio da Resolução nº 21.920, a partir destas eleições, deixou livre a escolha de votar ou não para aqueles que apresentem deficiências que tornem impossível ou muito oneroso o cumprimento das obrigações eleitorais. Esta medida foi tomado visando o bem-estar deste cidadão. Nessas condições, o portador de necessidades especiais ou o representante legal dele deve fazer um requerimento e enviar ao juiz eleitoral, acompanhado de documentação que comprove a deficiência grave. Se for constatado que ele está mesmo impossibilitado de votar, recebe uma certidão de quitação eleitoral, com prazo de validade indeterminado. Mesmo tendo recebido essa certidão, ele pode, mais tarde, fazer o alistamento eleitoral e voltar a votar, pois não perde o direito de exercer a cidadania. Veja na íntegra essa Resolução.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BONITO - MS - DICA AGÊNCIA ECO TOUR
Confira agora os 5 passeios mais românticos de Bonito (MS)
EM ÁUDIO VAZADO
Em áudio, Onyx diz que governo deu 'uma trava na Petrobras', caminhoneiros podem ficar sossegados
EMOÇÃO E RECOMEÇO
Mãe e filho se reencontram em hospital após desabamento de prédios
ACIDENTE FATAL
Três morrem em explosão provocada por vazamento de botijão de gás
NOVA PARALISAÇÃO
Ala dividida de caminhoneiros falam em greve no próximo dia 29 em todo o Brasil
CAMPO BELO RESORT - PARAÍSO É AQUI
Com noite Árabe e Italiana, PACOTE do dia 03 a 05 de maio já disponível para o Campo Belo Resort
NEGLIGÊNCIA FUNCIONAL
Menino de 12 anos foge de casa, burla esquema de segurança e embarca em avião
DEU RUIM
Vítima reage e mata assaltante que tentava roubar camioneta em Toledo – ASSISTA VÍDEO
PAI MONSTRO
Pai é preso suspeito de estuprar e engravidar a filha de 11 anos
15 METROS DE ALTURA
MILAGRE – Menina de um ano que caiu do 4º andar de prédio não sofreu nenhuma fratura