Menu
LIMIT ACADEMIA
segunda, 17 de junho de 2019
SADER_FULL
Busca
AGÊNCIA BONITO THIAGO
Brasil

Vice-prefeito de Imbé de Minas é morto com 9 tiros em bar

23 Ago 2010 - 06h52Por Redação Terra

O vice-prefeito da cidade de Imbé de Minas (a 300 km de Belo Horizonte), Dionísio Lopes da Silva, foi morto com nove tiros, por dois homens encapuzado, na noite de sábado, durante uma confraternização em um bar do qual era proprietário, no distrito de Córrego do Ouro, segundo informações da Polícia Militar.

Dois homens desceram de um veículo e executaram os disparos que mataram o político e feriram outras duas pessoas que participavam da reunião, ambas com tiros no rosto. Adenildo Francisco da Silva está internado no Hospital Marcio Cunha, em Itatinga, e Célio Rodrigues, que sofreu ferimento superficial, foi medicado e liberado.

De acordo com a polícia, testemunhas disseram que o vice-prefeito foi executado, mas ainda não há confirmação se a motivação foi política ou vingança. Segundo a PM, três homens teriam participado do crime, os dois executores, e outro responsável pela fuga. Ainda não há pistas sobre os autores.

O corpo de Dionísio foi enterrado no fim da tarde deste domingo, no cemitério local de Imbé de Minas.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ASSASSINATO CRUEL
O massacre do menino Rhuan e o silêncio da grande mídia
FAMOSIDADES
Homem discute com mulher e mata bebê de quatro meses
SOLIDARIEDADE
Bebê nasce sem os olhos e mobiliza cidade do Paraná
TRAGÉDIA NA FAMILIA
Pai mata filho de quatro anos e se mata por não aceitar fim do relacionamento
ASSASSINATO
Marido da deputada é morto a tiros
MULHER DO PRESIDENTE
Esposa de Jair Bolsonaro cai na internet, fotos íntimas são exibidas e todos ficam sem acreditar
DOURADOS - MANIFESTAÇÕES
Dono da Havan manda 'recado' a manifestantes após protesto em frente a loja de Dourados
VENENOSA
Agricultor é picado por cobra jararaca
FORÇA DE VONTADE
Advogado que pedia emprego na rua é contratado e ganha pós-graduação
CASO DE POLÍCIA
Filho mata a mãe e rouba seu cartão para comprar cocaína