Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sexta, 28 de fevereiro de 2020
SADER_FULL
Busca
Brasil

Viagra melhora atividade física nas alturas, diz estudo

4 Ago 2004 - 16h29
Toda vez que a Seleção Brasileira joga na Bolívia ou no Peru, a altitude é o principal adversário da equipe. A saída pode ser tomar Viagra antes de entrar em campo.

Pelo menos é o que indica uma pesquisa feita por cientistas alemães no Monte Everest. O estudo concluiu que o sildenafil, o agente ativo do remédio contra a impotência sexual, ajuda a aumentar a capacidade de fazer exercícios para quem está sujeito às condições encontradas nas altitudes elevadas.

O efeito observado foi similar ao que ocorre com o pênis, só que manifestando-se nos pulmões. O sildenafil aumenta a quantidade de sangue que flui para o órgão. Conseqüentemente, no caso dos pulmões, melhora a capacidade de fazer exercício no ar mais rarefeito da altitude elevada.

Quando o ar se torna menos abundante, o organismo se adapta para enfrentar as novas condições, o que inclui a contração dos vasos sangüíneos do pulmão. É isso que torna mais difícil desempenhar
atividades atléticas, por exemplo, no topo de uma montanha.

Alvéolos

A pesquisa, da Universidade Hospital Giessen, originou um artigo publicado na revista especializada Annals of Internal Medicine. Ela foi feita com 14 alpinistas experientes em um acampamento no Monte Everest, o mais alto do planeta.

De acordo com os resultados, o sildenafil provocou a expansão dos alvéolos pulmonares, que promovem a injeção de oxigênio no sangue e que, quando recebem menos ar, se contraem.

A expansão dos alvéolos reduziu a pressão exercida sobre os vasos sangüíneos do pulmão tanto em atividade quanto em repouso.

Uma conseqüência disso foi o aumento da capacidade máxima de fazer exercícios físicos na elevada altitude da base onde foi feita a pesquisa.

Os cientistas dizem que a amostra foi muito pequena para permitir uma conclusão definitiva, mas afirmam que os resultados indicam para a possibilidade de achar formas mais eficazes de lidar com males que as pessoas enfrentam quando estão em lugares muito altos.

Além disso, pode levar a novas possibilidades de tratamento de hipertensão pulmonar em pacientes que sofrem de insuficiência respiratória crônica.
 
Folha Online

Deixe seu Comentário

Leia Também

100 PREVENTIVOS
Coronavírus: máscaras descartáveis e álcool em gel já estão em falta nas farmácias do Rio
ASSASSINATO
Homem é morto com tijoladas na cabeça em briga
FÁTIMA DO SUL - SEXTA DO PEIXE
Hoje tem SEXTA DO PEIXE com Pacu Vivo a R$ 9,90 no Mercado Julifran em Fátima do Sul
TECNOLOGIA
Aparelhos que tornarão a sua vida inteligente
FÉ E CAUTELA
Coronavírus altera missas pelo País, abraços estão suspensos
MEGA SENA
Mega-Sena: 2 apostas dividem prêmio histórico de R$ 211,6 mi; veja números
FÁTIMA DO SUL - DECLARAÇÃO
Fátima do Sul: 2,6 mil contribuintes prestarão contas ao Leão! Saiba se você precisa e como declarar
FAMOSIDADES
Anitta não suporta calor de quase 50º C e abandona palco
NATALIDADE
Grávida de gêmeos entra em trabalho de parto; um nasce na calçada e outro no hospital
ALTA DO DOLAR
Dólar dispara a R$ 4,50, e Bolsa volta a cair por coronavírus e briga Bolsonaro x Congresso