Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
domingo, 26 de maio de 2019
SADER_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Vereador denuncia manobra do prefeito de Cassilândia

19 Jun 2007 - 16h30

O vereador Zirley Assis (PSB), presidente da Comissão Processante da Câmara Municipal de Cassilândia, denunciou nesta terça-feira manobra do prefeito José Donizete Ferreira de Freitas (PT) para extinguir a comissão formada pela Casa de Leis para investigar os esquemas de fraude, desvio de dinheiro público e agiotagem descobertos na Prefeitura pelo MPE (Ministério Público Estadual).

Segundo o parlamentar, José Donizete entregou hoje um requerimento em que solicita a destituição da Comissão Processante da Câmara Municipal. Ele informou ao Midiamax que entre as argumentações do prefeito está o fato de que o vereador Paulo Dalastra (PSDB), membro da comissão, teria feito pré-julgamento pela condenação em reunião da Casa de Leis quando foram escolhidos os integrantes da comissão.

No entanto, conforme Zirley Assis, Dalastra teria dito apenas que, se fosse comprovada a participação do prefeito nas irregularidades detectadas pelo MPE, poderia votar pela cassação de José Donizete. Outro argumento do prefeito para pedir o fim da Comissão Processante é que não teve direito de defesa, mas o parlamentar rebate, acrescentando que foi o próprio Donizete que não quis comparecer a oitiva marcada pela Comissão.

A decisão sobre o pedido do prefeito de Cassilândia sai amanhã depois de ouvido o advogado contratado para dar suporte aos trabalhos da comissão. “Estamos analisando o pedido, mas já posso adiantar que os questionamentos do prefeito não têm fundamentos”, disse o presidente da Comissão Processante, informando que já marcou para amanhã à tarde uma nova oitiva do prefeito.

Na última vez, Donizete alegou problemas de saúde para não prestar depoimento à Comissão Processante, sendo que o advogado Joaquim Arnaldo Silva apresentou o atestado médico, alegando problemas de saúde do cliente que o impossibilitavam de comparecer à Câmara Municipal. A Comissão Processante, que tem 90 dias para apresentar um relatório final, tem como relator o vereador Sivoney Veron (PT).

 

 

Mídia Max

Deixe seu Comentário

Leia Também

BONITO - MS - VISITA ILUSTRE
Em Bonito (MS), Miss Brasil Júlia Horta destaca 'A energia daqui é inexplicável'
COISA DE DOIDO
Sucuri ataca bombeiro durante resgate em SP; assista!
OPORTUNIDADE DE EMPREGO
Governo dobra vagas de concurso da PF e convocações saem no fim do ano
FEMINICIDIO
Mulher é morta com 75 facadas pelo ex-marido após 25 anos de casamento
NEGLIGÊNCIA FUNCIONAL
'Peguei meu filho e achei que estivesse morto', diz mãe de criança dopada em creche
FÁTIMA DO SUL - O BOTICÁRIO
Confira o que tá na promoção que vai até este sábado no O Boticário em Fátima do Sul
BONITO - MS - DICA AGÊNCIA ECO TOUR
Visite Bonito (MS) na baixa temporada, saiba o porquê!
FÁTIMA DO SUL - TRATAMENTO COACH
De Nova Andradina, Vanessa recupera autoestima com tratamento 'Coach' Célia Tenório de Fátima do Sul
CASA BOCA SUJA
morador instala placas com palavrões nos muros de casa
MACABRO
Mulher é encontrada morta ao lado de uma oferenda