Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
segunda, 18 de fevereiro de 2019
LIMIT ACADEMIA
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Ventos fortes deixam cerca de 48 mil casas sem energia no RS

14 Set 2010 - 12h55Por Folha Online

Ventos que atingiram o Rio Grande do Sul estão causando problemas na alimentação de energia elétrica em diversas cidades do Estado. A estimativa das empresas de energia que atendem a região é de que 48 mil unidades estejam sem luz. Em muitos casos não há previsão de quando a situação será normalizada.

Dentre os clientes da CEEE, 27 mil estão sem energia de acordo com a companhia. A empresa atende um total de 1,4 milhão de unidades. Segundo a assessoria da CEEE, os principais problemas são a vibração que os ventos causam nos fios e as árvores caídas na rede. Quando isso ocorre, o sistema para de funcionar automaticamente.

A companhia afirma que precisa percorrer toda a rede de distribuição para encontrar os pontos onde há problemas. O trabalho é demorado e, por isso, não há previsão de quando a situação volta ao normal.

Já a companhia RGE afirmou que tem 15 mil clientes sem energia. As cidades com a situação mais críticas são Caxias do Sul, Bento Gonçalves, Passo Fundo, Nova Prata e Palmeira das Missões. Segundo a empresa a primeira ocorrência aconteceu por volta da 1h desta madrugada. A previsão é de que a energia volte durante o dia.

Na AES Sul, o problema foi menor se comparado com o das outras empresas. Cerca de 6.000 clientes foram atingidos pela queda de energia. A empresa atende 1,1 milhão de unidades. Não há previsão de quando a situação volta ao normal.

Deixe seu Comentário

Leia Também

O REI ROBERTO CARLOS
Roberto Carlos vestiu rosa e se mostrou contrário a projeto de Jair Bolsonaro
BRIGA NO PLANALTO
Magoado e traído, Bebianno não vai poupar filho de Bolsonaro
TRÁGICO
Mãe do piloto de Ricardo Boechat morre três dias após o filho
OUTROS 10 ESTADOS
Horário de verão termina à meia-noite; relógios devem ser atrasados em 1h
BARBÁRIE
Rosane Santiago Silveira, torturada e morta em sua própria casa
CARRO DE APLICATIVO
Mulher é estuprada após aceitar água e bala em carro de app
VIOLENCIA DOMESTICA
Enquanto Lírio Parisotto era condenado, Luiza Brunet discutia campanha contra violência doméstica
CANALHA
Criança de 4 anos é estuprada no próprio aniversário
HORARIO DE VERÃO
Atrase seu relógio! Horário de verão termina neste sábado(16)
CARCERE PRIVADO
Mulher é chicoteada com fio elétrico pelo marido