Menu
SADER_FULL
sábado, 23 de fevereiro de 2019
LIMIT ACADEMIA
Busca
CANTINA BAH
Brasil

Vendaval leva quatro municípios gaúchos a decretar emergência

23 Jul 2010 - 14h42Por Agência Brasil

Os municípios de Ibiaçá, Imigrante, Nonoai e Canela, localizados nas regiões central e norte e Serra Gaúcha, decretaram hoje (23) situação de emergência devido aos prejuízos causados pelo intenso vendaval da noite de quarta-feira (21).  A informação é do subchefe da Defesa Civil do Rio Grande do Sul, major Aurivan Chiocheta.

Segundo Chiocheta, os integrantes do Comitê de Gerenciamento da Crise que estavam em Canela, município mais atingido, começaram a avaliar hoje os prejuízos ocorridos e a atender aos desabrigados nos outros municípios.

Em Ibiaçá o deslocamento violento de massa de ar, juntamente com grande precipitação pluviométrica, atingiu as áreas rural e urbana do município. Foram 78 pessoas  afetadas e 22 residências danificadas.

Em Imigrante,  100 residências ficaram danificadas, 20 foram destruídas e houve problemas nos sistemas de energia e de transportes. No município de  Nonoai, a Defesa Civil informou que foram destruídas pontes e bueiros e que 230 pessoas foram afetadas, 25 residências danificadas. Nonoai também registrou problemas nos sistemas de energia e de transportes.

Em Canela, aproximadamente 2 mil pessoas foram afetadas, 180 estão desalojadas, 11 desabrigadas e 11 ficaram levemente feridos. Quatrocentas e sete residências foram danificadas e 81 destruídas.

Deixe seu Comentário

Leia Também

PEDOFILIA
Babá de 15 anos recebia dinheiro para ter relações com patrão
PREOCUPANTE
Mineradora declara situação de emergência em barragem de Araxá
INTOLERANCIA RELIGIOSA
Delegado solicita ida à casa do 'BBB 19' para interrogar Paula, investigada por intolerância
RESUMO DAS NOVELAS
Mercedes convoca Murilo para uma conversa
CORTE CEGO
Megaoperação da PM em 18 bairros tem três mortos e cinco feridos
PERSISTÊNCIA
Ex-faxineiro se forma em Jornalismo e já está empregado
O QUE IMPORTA PARA VOCÊ?
Equipe médica leva paciente de UTI à formatura do filho
INDIGNAÇÃO
Pedreiro desafia Rodrigo Maia: 'Trabalhe 30 dias numa obra, que trabalho até os 80'
AMOR INCONDICIONAL
Cadela espera toda noite pela chegada de Boechat, diz mulher do jornalista
VIOLENCIA DOMESTICA
Reconstrução de rosto de mulher espancada na Barra vai durar seis meses, diz médico