Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
quarta, 20 de março de 2019
prefeitura VICENTINA Março 2019
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Venda de máquinas agrícolas deverá crescer 60% no ano

2 Mai 2007 - 09h38
A reanimação do setor de grãos no país e o boom canavieiro devem fazer com que o setor de máquinas agrícolas feche este ano com um aumento de até 60% nas vendas em relação a 2006, de acordo com a Abimaq (Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos).

O presidente da associação, Newton de Mello, disse ontem durante a Agrishow, em Ribeirão Preto, que, se os negócios até o final do ano seguirem na mesma proporção, as vendas voltarão ao patamar de 2004, ano que antecedeu a crise do setor. Em 2005, houve queda de 45% em relação ao ano anterior e, em 2006, a queda foi de 5%. A perspectiva agora é a de um faturamento médio mensal de R$ 400 milhões.

As máquinas agrícolas mais vendidas no país têm sido colheitadeiras e plantadeiras de cana e de grãos, preparadoras de solo e pulverizadores.

O reaquecimento do mercado faz com que haja uma fila para a entrega, que normalmente é feita em 60 dias. "Nem toda a indústria e a cadeia do setor estão preparadas para atender aos pedidos de colheitadeiras e tratores", afirmou Carlito Eckert, diretor comercial da Massey Ferguson.

Preços em alta

Novos modelos de colheitadeiras de cana-de-açúcar ou de grãos estão sendo negociados na Agrishow por até R$ 1 milhão. A indústria Case, por exemplo, está lançando na feira uma colheitadeira de grãos com preço-base para São Paulo de R$ 900 mil -o preço varia conforme a tarifa de ICMS (Imposto sobre a Circulação de Mercadorias e Serviços) do Estado do comprador.

"Se fôssemos olhar o mercado, talvez nem fosse o momento de colocar essa colheitadeira, mas, pensando nesse crescimento que o setor está tendo, resolvemos lançá-la", afirmou o diretor comercial da Case, Isomar Martinichen. Segundo ele, em dois dias de Agrishow, foram "engatilhados" seis negócios para a nova máquina.

A Santal também comercializa uma colheitadeira com preço base de R$ 800 mil. "Desde o lançamento, em 2004, já vendemos 36 unidades. Estamos fechando seis máquinas [na feira]", afirmou Filipe Righi, do departamento de marketing e produtos da empresa.

Na Agrishow (Feira Internacional de Tecnologia Agrícola em Ação), os produtores podem ver as máquinas em funcionamento em áreas previamente preparadas --estão programadas 1.200 demonstrações de campo até o encerramento da feira, no sábado.
 
 
 
Folha Online

Deixe seu Comentário

Leia Também

ASSÉDIO SEXUAL
Homem é morto a tiros após assediar mulher casada
FATALIDADE
Mulher morre ao cair de pé de abacate e bater cabeça na linha do trem
MANIACO SEXUAL
Pai flagra estupro da filha dentro de casa usando o celular, suspeito foi preso
FAMOSIDADES
Quem era Bettina antes do R$ 1 Milhão: Ela foi professora de balé, modelo e panfleteira
MENTOR DO MASSACRE
Polícia de Suzano apreende menor suspeito de planejar ataque
INTERNADO
Criança de 4 anos cai em poço de cinco metros de profundidade
RESGATADO
Cão abandonado em ilha estava sendo comido vivo por urubus
SEXTUPLOS
Americana dá à luz seis bebês em nove minutos
TRAGÉDIA EVITADA
Garoto de 11 anos leva faca na mochila para matar colega no ônibus escolar
ALERTA AOS PAIS
Menino de quatro anos corta os pulsos em Goioerê e pode ser influência da Momo