Menu
SADER_FULL
sábado, 23 de fevereiro de 2019
LIMIT ACADEMIA
Busca
CONTAINER
ALTA VENDA

Venda de genéricos tem crescimento recorde no trimestre, de 32%

29 Out 2010 - 06h15Por Folha Online

As vendas de medicamentos genéricos cresceram 32% no terceiro trimestre, ante o mesmo período de 2009, para 117,9 milhões.

O crescimento, de acordo com dados da Pró Genéricos (Associação Brasileira das Indústrias de Medicamentos Genéricos), é o maior registrado pelo setor em quatro anos.

O faturamento do setor no período somou R$ 1,686 bilhão, contra R$ 1,241 bilhão no mesmo intervalo do ano passado, apresentando evolução de 36%.

Entre janeiro e setembro, a comercialização cresceu 33,4%, também na comparação com os mesmos meses do ano passado. Foram vendidas 318,5 milhões de unidades, contra 238,8 milhões no ano passado. Em valores, as vendas do segmento já somam R$ 4,4 bilhões, ante R$ 3,2 bilhões registrados em igual período do ano anterior, alta de 37,3%.

Para o presidente da associação, Odnir Finotti, o crescimento econômico e o aumento da renda da população favorecem o mercado de genéricos.

O desempenho dos genéricos teve impacto na participação do segmento nas vendas totais da indústria farmacêutica. A participação desses medicamentos, em unidades, encerrou o trimestre em 22%, contra 19,6% no mesmo período de 2009.

A previsão de Finotti é que o setor feche o ano com participação de 24%. "Bateremos a marca histórica de 25% de share no próximo ano", afirmou, em nota.

Deixe seu Comentário

Leia Também

PEDOFILIA
Babá de 15 anos recebia dinheiro para ter relações com patrão
PREOCUPANTE
Mineradora declara situação de emergência em barragem de Araxá
INTOLERANCIA RELIGIOSA
Delegado solicita ida à casa do 'BBB 19' para interrogar Paula, investigada por intolerância
RESUMO DAS NOVELAS
Mercedes convoca Murilo para uma conversa
CORTE CEGO
Megaoperação da PM em 18 bairros tem três mortos e cinco feridos
PERSISTÊNCIA
Ex-faxineiro se forma em Jornalismo e já está empregado
O QUE IMPORTA PARA VOCÊ?
Equipe médica leva paciente de UTI à formatura do filho
INDIGNAÇÃO
Pedreiro desafia Rodrigo Maia: 'Trabalhe 30 dias numa obra, que trabalho até os 80'
AMOR INCONDICIONAL
Cadela espera toda noite pela chegada de Boechat, diz mulher do jornalista
VIOLENCIA DOMESTICA
Reconstrução de rosto de mulher espancada na Barra vai durar seis meses, diz médico