Menu
SADER_FULL
sexta, 23 de agosto de 2019
LIMIT ACADEMIA
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Vence hoje prazo para eleitor faltoso regularizar título

26 Abr 2007 - 05h27
 

Termina nesta quinta-feira, dia 26, o prazo para que os 35.620 eleitores em Mato Grosso do Sul que deixaram de votar e de se justificar em três eleições consecutivas não tenham o título de eleitor cancelado pela Justiça Eleitoral. Desse total, 11.980 eleitores são da Capital. Até hoje, somente 2.651 eleitores no Estado regularizaram sua situação.

 

A Justiça Eleitoral considera cada turno como uma eleição, assim estão sujeitos ao cancelamento todos os eleitores que não votaram e não justificaram nos dois turnos das eleições 2006 e ainda no Referendo de 2005.

 

O eleitor faltoso deve comparecer a um cartório eleitoral (de preferência onde está inscrito) munido de documento de identidade, título eleitoral e, se for o caso, os comprovantes de justificativa ou de recolhimento de multa.

 

A relação dos títulos passíveis de cancelamento não inclui os eleitores facultativos que, por prerrogativa constitucional, não são obrigados a votar: analfabetos, maiores de 70 anos e os que têm entre 16 e 18 anos.

 

Sanções

 

Além do risco de perder o título, o eleitor faltoso deixa de contar com alguns direitos essenciais à cidadania. Veja a lista do que a pessoa passe a ser impedida:

 

-          tirar documentos de identidade/CPF/passaporte

-          renovar matrícula em estabelecimento de ensino oficial

-          inscrever-se em concurso público

-          assumir cargo público

-          participar de concorrências em órgãos públicos

-          obter empréstimo na rede bancária oficial

-          praticar qualquer ato que exija quitação do serviço militar ou imposto de renda

-          se for servidor público, não recebe sequer o salário correspondente ao segundo mês subseqüente ao da eleição.

 

 

 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

A CASA CAIU
Homem pede divórcio ao descobrir que não é pai de nenhum dos nove filhos
ESTADO GRAVE
Homem ateia fogo em mulher e filha de 4 anos 80% do corpo queimado
SURPRESA E FÉ
Homem que morava em uma barraca ganha casa reformada
JUSTIÇA PROPRIAS MÃOS
Suspeito de ter estuprado criança é assassinado por lideranças de bairro
ASSISTA A REPORTAGEM
Família da modelo Mylena Mendes, que morreu em acidente faz protesto no Fórum
NOVELA GLOBAL
Régis confessa que forjou DNA de Arthur em 'A dona do pedaço'
FOGO NA AMAZONIA
Macron diz que Bolsonaro mentiu, e Europa ameaça retaliar Brasil
TURISMO
Curtir a Cidade Maravilhosa com pacotes de viagens baratos
FUTEBOL - PAIXÃO NACIONAL
Uma estrutura confiável para resultados de futebol
POSSE DE ARMA
Posse de arma em toda extensão da fazenda é aprovada e segue para sanção