Menu
SADER_FULL
sábado, 20 de abril de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Veículo usa 4 combustíveis e polui 15% menos

17 Jul 2007 - 13h00

Após dois anos e meio de pesquisas, 160 mil quilômetros percorridos em testes e R$ 10 milhões investidos, foi desenvolvido pela Fiat o motor tetrafuel, ou tetracombustível, que roda com quatro diferentes combustíveis: gás natural (GNV), gasolina pura (com zero de etanol ¿ EO ¿ combustível muito comum na América do Sul), gasolina com álcool anidro (com 22% de etanol ¿ E22) e álcool puro (100% de álcool hidratado ¿ E100). O sistema eletrônico do motor, desenvolvido em grande parte por engenheiros brasileiros, tem preferência pelo uso do gás ao invés dos líquidos, então sempre vai buscá-lo no reservatório, reduzindo a emissão de dióxido de carbono (CO2) em 15%.

Hoje, geralmente a passagem de gás para líquido em um veículo que tenha as duas opções é feita por meio de uma chave no painel do veículo que, ao ser acionada, realiza a troca. Como com o uso do gás há uma redução do rendimento do automóvel (Gás: 68 cavalos ¿ mesmo que potência - e 10 kg de torque ¿ mesmo que força. Gasolina sem etanol: 80 cavalos e 12 kg de torque), o motorista geralmente opta pelo uso do combustível fóssil. A queda no desempenho com o uso do gás natural é de 15% a 20%.

Para resolver essa questão, o tetracombustível realiza a troca automaticamente, equilibrando os combustíveis a serem utilizados e decidindo qual o ideal conforme a situação. Isso tudo sem que o motorista perceba a transição de um combustível para outro. "O grande segredo está na central eletrônica, que gerencia bem a mudança dos combustíveis. Sempre que enfrentar uma situação de ultrapassagem, subida de ladeira íngreme ou arrancadas mais rigorosas, o sistema de injeção detecta essa condição e vai buscar o combustível líquido que houver no reservatório, pois o motor perde muita força nessas horas. Passado isso, ele volta a usar o gás", explica João Irineu Medeiros, gerente de engenharia do produto.

Os cilindros que armazenam gás natural, menores que os convencionais, ocupam uma área de 130 metros cúbicos (m3). No porta-malas do Siena, com 500 m3, sobram ainda 370 m3 de espaço, suficientes para armazenar duas malas grandes e uma de mão. A partir deste mês de julho o Siena já está disponível para venda, com um custo de cerca de R$ 4 mil superior ao do mesmo modelo com motor flex (álcool e/ou gasolina).

 

 

 

Terra Redação

Deixe seu Comentário

Leia Também

BONITO - MS - DICA AGÊNCIA ECO TOUR
Confira agora os 5 passeios mais românticos de Bonito (MS)
EM ÁUDIO VAZADO
Em áudio, Onyx diz que governo deu 'uma trava na Petrobras', caminhoneiros podem ficar sossegados
EMOÇÃO E RECOMEÇO
Mãe e filho se reencontram em hospital após desabamento de prédios
ACIDENTE FATAL
Três morrem em explosão provocada por vazamento de botijão de gás
NOVA PARALISAÇÃO
Ala dividida de caminhoneiros falam em greve no próximo dia 29 em todo o Brasil
CAMPO BELO RESORT - PARAÍSO É AQUI
Com noite Árabe e Italiana, PACOTE do dia 03 a 05 de maio já disponível para o Campo Belo Resort
NEGLIGÊNCIA FUNCIONAL
Menino de 12 anos foge de casa, burla esquema de segurança e embarca em avião
DEU RUIM
Vítima reage e mata assaltante que tentava roubar camioneta em Toledo – ASSISTA VÍDEO
PAI MONSTRO
Pai é preso suspeito de estuprar e engravidar a filha de 11 anos
15 METROS DE ALTURA
MILAGRE – Menina de um ano que caiu do 4º andar de prédio não sofreu nenhuma fratura