Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
domingo, 16 de junho de 2019
LIMIT ACADEMIA
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Vaticano cria os 10 mandamentos para o trânsito

19 Jun 2007 - 10h27
Não guiarás sob influência do álcool. Respeitarás os limites de velocidade. Não considerarás o carro como objeto de glorificação pessoal, nem o usarás como local de pecado.
 

O Vaticano deixou de lado na terça-feira (19) as questões estritamente teológicas para divulgar suas próprias regras de trânsito, um compêndio sobre os aspectos morais da condução de veículos automotivos.
 
COMENTE ESTA NOTÍCIA.

As 36 páginas das "Diretrizes para o Cuidado Pastoral da Estrada" contêm dez mandamentos abrangendo questões como a ira ao volante, o respeito aos pedestres, a manutenção do veículo e como evitar gestos rudes na hora de dirigir.

"Carros tendem a trazer o lado 'primitivo' dos seres humanos, produzindo, portanto, resultados bastante desagradáveis", disse o documento.

O texto faz um apelo às "tendências nobres" do espírito humano, pedindo responsabilidade e autocontrole para evitar a "regressão psicológica" tantas vezes associada ao ato de dirigir.

Diz o 5º Mandamento: "Carros não devem ser para ti uma expressão de poder e dominação, e uma ocasião para pecar."

Questionado em entrevista coletiva sobre qual seria tal "ocasião para pecar", o cardeal Renato Martino disse: "Quando um carro é usado como lugar para o pecado."

Um trecho, na seção "Vaidade e Glorificação Pessoal", certamente vai incomodar os donos de Ferraris e de outros carros pelos quais os italianos são apaixonados.

"Os carros se prestam particularmente a serem usados por seus donos para a exibição e como meio de ofuscar o brilho de outras pessoas e despertar um sentimento de inveja", diz o texto.

O manual também estimula o leitor a não agir de forma "insatisfatória ou que mal seja humana" e que evite um "comportamento desequilibrado, a falta de polidez, os gestos rudes, o xingamento, a blasfêmia".
 
 Rezar ao volante
A Cidade do Vaticano, menor Estado soberano do mundo, praticamente não enfrenta os problemas citados no documento.

Apesar de estar cercado pelo caótico trânsito romano, o minúsculo país tem apenas cerca de mil carros, e o limite máximo de velocidade é de 30 quilômetros por hora. O último acidente dentro das muralhas do Vaticano, segundo uma fonte oficial, ocorreu há cerca de um ano e meio e provocou danos mínimos.
 
 
 
 
G1
 

Deixe seu Comentário

Leia Também

ASSASSINATO
Marido da deputada é morto a tiros
MULHER DO PRESIDENTE
Esposa de Jair Bolsonaro cai na internet, fotos íntimas são exibidas e todos ficam sem acreditar
DOURADOS - MANIFESTAÇÕES
Dono da Havan manda 'recado' a manifestantes após protesto em frente a loja de Dourados
VENENOSA
Agricultor é picado por cobra jararaca
FORÇA DE VONTADE
Advogado que pedia emprego na rua é contratado e ganha pós-graduação
CASO DE POLÍCIA
Filho mata a mãe e rouba seu cartão para comprar cocaína
EQUIPARADO AO RACISMO
Agora Homofobia é crime, STF criminaliza
DOENÇA DO SÉCULO
Jovem de 19 anos com depressão comete suicídio e choca cidade
REVOLTANTE
Filho é preso por ficar com aposentadoria e manter pais idosos morando em situação de miséria
BARBÁRIE
Nus e amarrados, corpos de três jovens são encontrados mortos em matagal