Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sábado, 23 de fevereiro de 2019
LIMIT ACADEMIA
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Vasco demite técnico Renato Gaúcho

13 Abr 2007 - 07h57

O técnico Renato Gaúcho não comanda mais o time do Vasco da Gama. O treinador, que perdeu a semifinal da Taça Rio, na quarta-feira, nos pênaltis para o Botafogo, foi comunicado da demissão na quinta à noite.

Além da saída de Renato Gaúcho, a dispensa também se estende ao coordenador de futebol Valdir Espinosa e o preparador-físico Alexandre Mendes.

A decisão teria sido tomada na tarde de quinta-feira, em uma longa reunião da diretora vascaína. Renato Gaúcho, que alegou uma gripe para faltar ao treino, foi comunicado da determinação de Eurico Miranda em casa, pelo vice-presidente de futebol José Luiz Moreira.

Um detalhe que facilitou o desligamento do técnico vascaíno foi o fato de que ele não tinha multa rescisória.

O contrato de Renato, inclusive, nunca teve detalhes divulgados, e muitos especulavam que nem estivesse no papel e que fosse apenas apalavrado com o presidente Eurico Miranda.

Para o lugar do ex-técnico, a diretoria cogita Antônio Lopes, Alfredo Sampaio, que atualmente comanda o Madureira; Paulo César Gusmão, no Náutico; e até o palmeirense Caio Júnior.

 

Terra

Deixe seu Comentário

Leia Também

PEDOFILIA
Babá de 15 anos recebia dinheiro para ter relações com patrão
PREOCUPANTE
Mineradora declara situação de emergência em barragem de Araxá
INTOLERANCIA RELIGIOSA
Delegado solicita ida à casa do 'BBB 19' para interrogar Paula, investigada por intolerância
RESUMO DAS NOVELAS
Mercedes convoca Murilo para uma conversa
CORTE CEGO
Megaoperação da PM em 18 bairros tem três mortos e cinco feridos
PERSISTÊNCIA
Ex-faxineiro se forma em Jornalismo e já está empregado
O QUE IMPORTA PARA VOCÊ?
Equipe médica leva paciente de UTI à formatura do filho
INDIGNAÇÃO
Pedreiro desafia Rodrigo Maia: 'Trabalhe 30 dias numa obra, que trabalho até os 80'
AMOR INCONDICIONAL
Cadela espera toda noite pela chegada de Boechat, diz mulher do jornalista
VIOLENCIA DOMESTICA
Reconstrução de rosto de mulher espancada na Barra vai durar seis meses, diz médico