Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
terça, 23 de abril de 2019
LIMIT ACADEMIA
Busca
ITALÍNEA
Brasil

"Vão ter que me enfrentar nas urnas”, avisa Moka

8 Jun 2010 - 15h44Por Fátima News com Assessoria

O deputado federal Waldemir Moka (PMDB) declarou nesta terça-feira (8) que os boatos sobre sua possível desistência de disputar o Senado serviram apenas para estimular seus aliados com vistas às eleições deste ano. “Os boateiros de plantão que se preparem. Vou ser candidato. E eles terão que me enfrentar nas urnas”, avisou.
 
Moka afirma que, por conta das especulações, recebeu dezenas de ligações e mensagens de incentivo nos últimos três dias. “Jamais recebi tanto apoio como agora. Não vi isso nem após vencer uma eleição. Me surpreendi com o número de telefonemas de companheiros de todos os municípios. Quando não era o prefeito, era vereador, deputado federal e estadual, ou mesmo agricultor”, conta, orgulhoso.
 
O pré-candidato do PMDB ao Senado diz que o projeto não é mais só seu. “Engana-se quem pensa que essa candidatura é apenas minha. Não é mais. Nem só do PMDB. É de dezenas de prefeitos, de centenas de vereadores, deputados, militantes do partido e de aliados, como PSDB, DEM, PPS e PR, por exemplo”, observa. “Agora é que meu grupo abraçou pra valer minha pré-candidatura”.
 
Presidente da Comissão de Orçamento, a mais importante do Congresso Nacional, o deputado afirma que a campanha começará, de fato, somente em julho. Ele se diz tranquilo e convicto de que“A partir daí é que as coisas começam a se delinear. Quem tiver mais apoio em torno do seu nome tem grande chance de sair vitorioso”, avalia.
 
Moka tem apoio declarado de mais de 50 prefeitos, deputados estaduais e federais, além de vereadores e representantes dos setores produtivos do Estado. “Duvido que há alguma pré-candidatura com essa musculatura. Na hora certa, todos esses aliados vão entrar em campo. Não entram agora porque a legislação eleitoral não permite. E todos estão respeitando”, declara.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

CRÔNICA DA SEMANA
CRÔNICA DA SEMANA: 'Precisamos redescobrir o Brasil', por Luciano Gazola
CRUELDADE
Criança tinha o pênis amarrado com elástico e era torturada pelo pai e a madrasta
MORTE TRÁGICA
Adolescente de 13 anos morre após sofrer queda de bicicleta
ESTAVA FORAGIDO
Homem que matou esposa na Sexta-feira Santa morre em acidente 03 dias depois
FEMINICIDIO
Advogada é assassinada a facadas por marido após discussão
100 LUZ
Giselle Itié lamenta a morte de outro ex-namorado em apenas três meses
CENSURADO
Video com ataques de Olavo a Militares é excluido das Redes de Bolsonaro
DOENÇA DO SÉCULO
Yasmim Gabrielle, do ‘Programa Raul Gil’, se suicida após depressão
FATALIDADE
Bebê morre após ser esquecida pelo pai por três horas dentro do carro
IRRESPONSABILIDADE
Bebê de 1 aninho entra em coma alcoólico após pai dar cachaça com refrigerante