SUCURI_MEGA
FatimaNews - Notícias de Fátima do Sul e região
Fátima do Sul, 15 de Dezembro de 2017
RIO_DOURADOS
27 de Março de 2007 15h30

Vagner Love dá vitória magra ao Brasil sobre Gana

A Seleção Brasileira não repetiu, nesta terça-feira, a boa atuação que teve na goleada sobre o Chile, no último sábado. Mesmo assim, o rendimento acima da média de Vagner Love foi suficiente para definir o triunfo por 1 a 0 sobre Gana, em Estocolmo.

Assim, a equipe dirigida por Dunga colecionou sua segunda vitória na temporada 2007. Em fase inicial de preparação para a disputa da Copa América, o time verde e amarelo se recuperou, na Suécia, da derrota sofrida para Portugal.

O treinador da Seleção, no entanto, deve ter se decepcionado com a queda de rendimento em relação à partida anterior. Com Ronaldinho e Robinho apagados, o único jogador do badalado trio ofensivo que funcionou foi Kaká.

Eram em jogadas tramadas entre o meia do Milan e Vagner Love que o Brasil criava suas melhores oportunidades. O gol foi marcado pelo atacante do CSKA, aos 17min do primeiro tempo, após cobrança de escanteio.

Exceção feita a algumas investidas dos dois jogadores, a Seleção pouco apresentou para ampliar o placar. A dificuldade era grande para controlar a bola no gramado do Rasunda Stadion, e Gana chegou a ameaçar em busca do empate.

O jogo

Das quatro novidades em relação à partida contra o Chile, Vagner Love foi a que se destacou desde o início. Ao lado de Kaká, o jogador do CSKA se movimentava bastante e criava as chances de gol da Seleção Brasileira.

O primeiro lance mais agudo aconteceu aos 13min, em troca de passes que contou com a participação de Ronaldinho. Vagner Love recebeu na entrada da área e rolou para Kaká, que bateu por cima.

A resposta de Gana chegou logo em seguida, em cobrança de falta. Juan foi deslocado e não conseguiu acompanhar Addo, que cabeceou no ângulo esquerdo e obrigou Júlio César a fazer boa defesa.

Foi também em uma bola parada que o Brasil chegou à rede africana. Com alguma dificuldade para penetrar na zaga, a equipe achou espaço em cobrança de escanteio de Ronaldinho, aos 17min. Kaká desviou no primeiro pau, e Vagner Love completou de pé esquerdo no segundo.

Os africanos tinham dificuldade para manter a posse de bola e tentavam a sorte apenas em lançamentos longos. Em um deles, Tachie-Mensah saiu na cara do gol, dividiu com Júlio César e acabou cometendo falta no guarda-metas.

O Brasil esteve perto de ampliar em chegada rápida, aos 29min, quando Robinho recebeu de Kaká e bateu por cima. Pouco depois, Vagner Love deu de puxeta para Kaká, que chutou de primeira e errou por pouco.

Pouco antes do intervalo, a dupla voltou a funcionar. Kaká carregou da esquerda para o meio e rolou para Vagner Love. O atacante invadiu a área, bateu de pé esquerdo e obrigou Kingson a se esticar para defender.

Na volta para o segundo tempo, o são-paulino Josué ocupou a vaga de Gilberto Silva, que havia sentido lesão ainda na etapa inicial. A Seleção voltou sonolento e permitiu que Gana crescesse no jogo.

Aos 4min, Draman fintou Ilsinho com o corpo e cruzou rasteiro para a área. Kléber falhou na tentativa de se antecipar a Kingston, e Júlio César teve de fazer defesa excepcional, cara a cara com o atacante.

Pouco depois, o goleiro brasileiro precisou trabalhar novamente, em cobrança de falta de Muntari. Dunga, então, promoveu sua segunda alteração, substituindo Ilsinho por Daniel Alves. Mais tarde, trocou Kaká por Elano.

Em seu último lance de destaque, o meia do Milan recebeu de Vagner Love em contra-ataque e cortou o marcador antes de bater. No entanto, o arremate de bico foi mal executado e a bola saiu à direita.

Na metade final do segundo tempo, as alterações feitas por Dunga e a injusta expulsão de Draman não foram suficientes para animar o Brasil. A Seleção apenas trocou passes à espera do apito final.

 

 

Terra Redação

Comentários
Veja Também
MBO_SEGURANÇA_300
FARMÁCIA_CENTROFARMA_300
SADER_LATERAL
Últimas Notícias
  
ÓTICA_DOURADOS
Eventos
dothCom © Copyright FatimaNews - Todos os Direitos Reservados.