Menu
SADER_FULL
sábado, 19 de janeiro de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
CANTINA BAH
Brasil

Vacinação de idoso contra gripe encerra no próximo dia 18

10 Mai 2007 - 17h50
A Campanha Nacional de Vacinação que encerra no próximo dia 18, alcançou, nesta quinta-feira, a marca de 97% da meta estipulada para Campo Grande com a vacinação de 38.495 pessoas com idade acima de 60 anos. A meta é vacinar 70% da população idosa da Capital - que é de 56.700 pessoas com idade acima de 60 anos - e se esse ritmo de procura pela vacina prosseguir a Coordenação da Campanha acredita que poderá ser ultrapassada a meta inicial. Além da vacina contra a gripe, o idoso recebe também a imunização contra a febre amarela e dupla adulto (tétano e difteria).
O idoso que ainda não vacinou poderá procurar um das 64 unidades básicas de saúde ou os nove centros regionais 24 horas Com a probabilidade de que, neste ano, haja mais frentes frias que as ocorridas no ano passado, a coordenação da campanha reafirma a importância da vacinação com antecedência. De acordo a chefe do Departamento de Imunização da Sesau, Erci Hirota, somente 15 dias após a vacina é que são criados anticorpos, o que torna o tempo da imunização importante. “Quanto antes vacinar, melhor”, afirma.

Atendimento - Para os idosos que estão acamados, a Sesau estará atendendo em suas residências e nos asilos com as equipes do Programa de Saúde da Família (PSF) e na área central. O pedido de atendimento pode ser feito pelo telefone 3314-3099. A gripe é uma doença infecciosa aguda, de natureza viral altamente contagiosa, que prejudica as funções respiratórias e tem maior ocorrência nos períodos de outono e inverno. De acordo com a coordenadora da campanha, o vírus é disseminado pelas vias respiratórias e a transmissão é feita por meio de gotículas ao falar, espirrar ou tossir.

Como o vírus sobrevive no meio ambiente, ou seja, nas mãos, tecidos e superfícies porosas por tempo variável, a transmissão pode acontecer por meio de contato em locais contaminados. Além da vacina, cuidados simples como lavar as mãos e arejar o ambiente são importantes para evitar a contaminação. Dependendo do estado de imunidade do idoso, a ausência de cuidados com a gripe pode apresentar desde uma forma clinicamente leve até mais complicada, podendo levar à morte”, explicou Erci.

O período de incubação, após o contágio, varia de um a quatro dias após a transmissão. Os sintomas mais comuns são febre, calafrios, cefaléia (dor de cabeça), mal-estar que predominam nos primeiros três dias. A rinite e a faringite também podem ocorrer. À medida que os sintomas sistêmicos diminuem, começam a predominar os problemas respiratórios, a dor de garganta, tosse seca, coriza e congestão nasal que podem permanecer por poucos dias, exceto em casos que complicam.

Deixe seu Comentário

Leia Também

PROBLEMAS MENTAIS
Casal é brutalmente agredido a enxadadas pelo filho
BARRADO
Filho do cantor Marciano diz ter sido impedido de ir no velório do pai
A COBRA VAI FUMAR - SEGURANÇA NO MS
MS fecha o cerco contra a violência na fronteira em mega operação
LUTO NA MÚSICA
Marcelo Yuka, fundador do Rappa morre aos 53 anos
ROTEIRO ESPECIAL PARA O RIO DE JANEIRO
Roteiro diferente para continuar conhecendo o Rio de Janeiro
DICA DE TURISMO E FÉRIAS
Dicas para curtir uma temporada em Arraial do Cabo
LUTO - ESPORTE
Morre Jackelyne da Silva, ginasta da seleção brasileira, aos 17 anos
LUTO NA MÚSICA
Cantor sertanejo Marciano morre aos 67 anos, vítima de enfarto
CARNAVAL É NO CAMPO BELO RESORT
Carnaval é no Campo Belo Resort, reserve já seu lugar nesse bloco - Confira os pacotes
MS EM ALERTA
Meteorologia alerta para a possibilidade de chuva forte no fim de semana no MS